Câmara Municipal

Vereadores aprovam projeto de Odilon em defesa dos artesãos de Campo Grande

A Câmara Municipal de Campo Grande aprovou nesta quinta-feira (26/11) o Projeto de Lei apresentado pelo vereador Odilon de Oliveira (PSD) que autoriza a Prefeitura a criar a Carteira Municipal de Artesão e o cadastro municipal de inscrição de empreendimentos artesanais produzidos e comercializados como suas mercadorias em Campo Grande.

O objetivo do vereador Odilon de Oliveira é incrementar as ações e políticas públicas voltadas ao fortalecimento do artesão e do empreendedorismo artesanal. “A emissão da Carteira Municipal permitirá saber quantos são e onde estão os artesãos de nossa Capital para que a Prefeitura faça um diagnóstico sobre as reais necessidades da categoria e estabeleça políticas públicas de incentivo e as ações de geração de renda”, afirma o parlamentar.

Odilon de Oliveira ressalta que a carteira permitirá aos artesãos se inscreverem em diversos eventos promovidos pela Prefeitura, como cursos de capacitação, oficinas, seminários, feiras e exposições. O vereador destaca que, apesar da existência da “Carteira Nacional do Artesão”, em vigor desde 2015, o incentivo às políticas municipais em prol dos artesãos terá suas metas e objetivos facilitados mediante a criação de cadastro próprio dos artesãos atuantes no Município.

“A proposta faz com que a Prefeitura reconheça os artesãos e crie mecanismos para fortalecer a categoria, além de incentivar a prática empreendedora, de geração de emprego e o aumento dos ganhos para as famílias de nossa Capital. Essa é uma proposta”, afirma Odilon de Oliveira.

“Conversando com artesãos da nossa Capital, vimos que essa pode ser uma oportunidade de recuperação para a economia desse setor importante e dar uma nova dinâmica aos artesãos que trabalham com as mais diversas formas de produtos em Campo Grande”, conclui o vereador Odilon.

Marcelo Pereira

Assessoria de Imprensa do Vereador 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo