Câmara Municipal

Aprovada Lei do vereador Carlão estabelecendo as competências e atribuições dos estabelecimentos ópticos

Foi aprovado hoje (15), durante a sessão ordinária da Câmara Municipal, em regime de urgência, o Projeto de Lei Complementar 636/19, de autoria do vereador Carlos Augusto Borges (Carlão PSB) e subscrito  pelos vereadores William Maksoud, Odilon de Oliveira e Dr. Wilson Sami. O PL altera dispositivos da Lei Complementar 218/13, estabelecendo de forma definitiva e clara, as competências e atribuições dos estabelecimentos ópticos, garantindo ao consumidor e usuário o acesso às armações com preço acessível.

“Entende-se por estabelecimento de venda ao varejo de produtos ópticos aqueles que comercializam óculos de proteção, lentes oftálmicas incolores, coloridas, filtrantes ou lentes sem corretoras, de cor ou sem cor, e lentes de contato. Entende-se por produtos ópticos as lentes oftálmicas incolores, coloridas, filtrantes, e de contato, qualquer que seja a sua composição, com dioptria ou não, ou óculos de proteção solar”, detalha a Lei.

Os fabricantes, distribuidores atacadistas e os representantes comerciais dos produtos ópticos definidos nesta Lei, apenas poderão comercializar tais produtos para estabelecimentos de venda ao varejo de produtos ópticos, sendo-lhes vedado o fornecimento de lentes oftálmicas incolores, coloridas, filtrantes, quaisquer que sejam as suas composições, ou óculos de proteção solar diretamente aos consumidores usuários.

Janaina Gaspar 

Assessoria de Imprensa do Vereador

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo