Câmara MunicipalCampo GrandeNoticias

Sistema desenvolvido pela prefeitura auxilia no monitoramento de pacientes com covid-19

O monitoramento de pacientes com Covid-19 nas unidades da Atenção Primária em Campo Grande conta com o auxilio de um sistema desenvolvido pelo Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação (Agetec)

O monitoramento de pacientes com Covid-19 nas unidades da Atenção Primária em Campo Grande conta com o auxilio de um sistema desenvolvido pelo Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação (Agetec), em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau). O Monitora Covid-19 é uma ferramenta inteligente e integrada que possibilita o rastreamento não só dos casos confirmados mas também dos suspeitos, possibilitando o controle diário dos pacientes e com quem tiveram contato.

O secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho, destaca que o sistema facilita o trabalho dos profissionais das unidades de saúde, responsáveis por contatar e fazer o acompanhamento deste paciente. Atualmente, há aproximadamente 3,5 mil monitoramentos ativos.

“O sistema faz a distribuição quase que automática das notificações para os distritos e, consequentemente, para a unidade de abrangência, proporcionando uma maior organização e celeridade no processo de rastreio do paciente. Além disso, funciona como um prontuário eletrônico, o que auxilia o profissional da unidade de saúde na hora de preencher, atualizar e monitorar a situação de cada paciente. Esse trabalho já vinha sendo realizado nas unidades de saúde, mas de forma quase que manual e muito mais morosa”, complementa.

Desde julho o monitoramento de pacientes confirmados ou com suspeita de coronavírus já vem sendo feito nas 71 unidades básicas e de saúde da família do município por telefone. Nos últimos meses, mais de 200 servidores foram capacitados para utilizar o Monitora Covid-19.

O sistema indica os atendimentos que devem acontecer no dia, os pendentes de execução, os pacientes com necessidade de atendimento emergencial e disponibiliza a lista de finalizados e perdidos por desistência.

Além de também permitir a classificação de risco do paciente dia a dia, com listas de alertas para casos graves serem identificados e atendidos rapidamente pelas equipes de urgências da secretaria de saúde.

Os dados dos pacientes diagnosticados com Covid-19 são extraídos diretamente da base nacional de infectados, o Sisteme e-SUS VE, sendo o sistema atualizado periódicamente.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo