MSNoticias

Glória de Dourados terá três unidades produtoras de leitões com investimento de R$ 54 milhões do FCO

“Esse investimento em Glória de Dourados está dentro da linha de agregação de valor à produção de grãos, transformando proteína vegetal em proteína animal

O município de Glória de Dourados receberá três UPLs (Unidades Produtora de Leitões) com 3 mil matrizes cada uma. O investimento total, de R$ 54.032.120,04, foi viabilizado por meio do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste). As unidades começam a ser implantadas em 2021 e a estimativa é de que gerem ao menos 51 novos empregos para a população de Glória de Dourados. Toda a produção de leitões seguirá o sistema integrado e vai atender a demanda da JBS-Seara.

 

Investimento mostra o processo de expansão da suinocultura em MS, diz o secretário Jaime Verruck

“Esse investimento em Glória de Dourados está dentro da linha de agregação de valor à produção de grãos, transformando proteína vegetal em proteína animal. Ele mostra o processo de expansão da suinocultura em Mato Grosso do Sul. São 9 mil matrizes nessas UPLs, que vão funcionar em sistema integrado com a indústria. O investimento em cada uma das unidades será de R$ 18 milhões e o total será de R$ 54 milhões por meio do FCO”, informa o secretário Jaime Verruck, da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

De acordo com o secretário, a JBS-Seara já sinalizou ao Governo do Estado investimentos para a ampliação da sua capacidade de abate. “Isso também exige investimentos na base de produção e esses três projetos em Glória de Dourados vão dar apoio. Esse modelo é fundamental para o Estado, com produtores investindo na agregação de valor e a indústria caminhando junto com essa expansão”, finalizou Jaime Verruck.

Sobre o FCO

Em Mato Grosso do Sul, 100% dos recursos disponíveis no para o ano de 2020 foram totalmente utilizados para a implantação de novos empreendimentos rurais e empresariais. Conforme relatório divulgado pelo Banco do Brasil e demais instituições financeiras que operam o FCO no Estado, de janeiro ao início de dezembro deste ano foram realizadas 3.371 operações, sendo 1810 no FCO Rural e 1561 no FCO Empresarial, que utilizaram R$ 1,5 bilhão disponíveis no Fundo para este ano. Em 2021, Mato Grosso do Sul terá disponível R$ 1,698 bilhão em recursos do FCO para o financiamento de novos empreendimentos rurais e empresariais.

Marcelo Armôa, Semagro

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo