MSNoticias

Resultado parcial: secretários já cumpriram 82,3% dos contratos de gestão

Números foram apresentados ao governador durante a última reunião executiva de 2020

Apesar da pandemia de Covid-19, os secretários estaduais já cumpriram 82,3% dos contratos de gestão, faltando mais de duas semanas para o fim do ano. O desempenho parcial foi apresentado nesta terça-feira (15) ao governador Reinaldo Azambuja, durante a última reunião executiva do ano, na Sala de Situação.

Para o governador Reinaldo Azambuja, as medidas de austeridade e as reformas estruturais permitiram ao Estado enfrentar a pandemia, manter os pagamentos de fornecedores e salários, e fazer as entregas para a população.

“Tivemos um ano extremamente complexo e difícil. Iniciamos o ano com uma curva ascendente, de crescimento, de desenvolvimento, aí veio a pandemia, que trouxe uma mudança conceitual, de atitudes, e problemas e impactos na área de saúde e econômica. Conseguimos dosar um pouco, com bons resultados nas ações, na área de saúde e não paralisação das atividades econômicas. Agora, houve um recrudescimento e [o aumento de casos de Covid-19] voltou de novo aos 45 minutos do segundo tempo”, disse Reinaldo Azambuja.

O secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, destacou que, mesmo com os impactos da pandemia, as secretarias permaneceram compenetradas em cumprir as metas estabelecidas e fazer entregas à população. “Em um ano absolutamente atípico, todos continuaram bastante focados, apesar de todas as mudanças e dificuldades que tiveram. Mato Grosso do Sul finaliza o ano de maneira positiva. Isso mostra a maturidade deste método que evoluiu e está bem consolidado como processo em todas as secretarias. De tudo que foi pensado e estruturado, lá atrás, nós atingimos 82,30% dos objetivos. Temos um ajuste para fazer porque a entrega é em janeiro, quando termina o ano, mas o resultado é bastante positivo”.

Os contratos de gestão são feitos anualmente. Secretários e o governador definem as iniciativas e as metas. Esses documentos são individualizados por secretaria e devem ser compostos de projetos e resultados de processos estratégicos, além de indicadores relacionados com os impactos das políticas públicas.

Secretário Eduardo Riedel avaliou como positivo resultado apresentado pelas equipes das secretarias (foto: Chico Ribeiro)

Participaram da reunião, além do governador Reinaldo Azambuja e do secretário Eduardo Riedel, os secretários Sérgio de Paula, Jaime Verruck (Semagro), Felipe Mattos (Fazenda), Maria Cecília da Motta (Educação), Ana Carolina Nardes (Administração), Geraldo Resende (Saúde) e Antônio Carlos Videira (Justiça e Segurança Pública); Procuradora-Geral do Estado, Fabíola Marquetti; Controlador-Geral do Estado, Carlos Eduardo Girão de Arruda; e a consultora legislativa Ana Carolina Ali Garcia. A secretária Elias Cleia Nobre, da Sedhast, participou por videoconferência por estar com sintomas de Covid-19.

Paulo Fernandes (Subcom) e Jéssika Machado (Segov)

Fotos: Chico Ribeiro

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo