MSNoticias

Secretaria de Estado de Saúde ativa dez leitos de UTI no Hospital Regional

O Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS) ativou na tarde deste domingo (06) mais leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI)

O Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS) ativou na tarde deste domingo (06) mais leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), com isso o Hospital passa para 110 leitos de UTI. “Estamos trabalhando de maneira incansável para solucionar os problemas que surgem durante essa pandemia para levar um tratamento de qualidade para a população. Ninguém vai ficar sem leitos”, destacou o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende.

Na manhã deste domingo, o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, se reuniu com o secretário municipal de Saúde de Campo Grande, José Mauro Filho, a diretora presidente da Fundação Serviços de Saúde do Estado De Mato Grosso do Sul (Funsau/HRMS) , Rosana Leite para tratar sobre medidas emergências para a abertura de novos leitos no Hospital e operacionalizar a entrada dos pacientes no HRMS a fim de não permitir que nenhum paciente fique sem assistência.

Também participaram da reunião a diretora geral de atenção a Saúde da SES, Marielle Alves Correa, os superintendentes da SESAU, Eliana Delanora e Eduardo Rodrigues, os Diretores do HRMS, Danilo Vasconcelos, Enfermeira Ana Paula Borges e Ana Paula Cangussu. Foi traçada uma estratégia conjunta entre SES, SESAU e HRMS para viabilizar profissionais de saúde para o funcionamento dos leitos. Foi feita uma escala médica viabilizando o início imediato de dez leitos, totalizando 110 leitos de UTI para o atendimento à população.

“O Hospital está com estrutura físcia e equipamentos porém , apesar do processo seletivo em curso, foi traçada uma escala médica com a solidariedade dos profissionais, respeitando todos os princípios legais e bioéticos”, completou a diretora presidente do HRMS, Rosana Leite.

Airton Raes, SES
Foto: Edemir Rodrigues

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo