MSNoticias

Assistência social: Ponta Porã e Iguatemi recebem carros para fortalecimento de ações nos municípios

As equipes da assistência social dos municípios de Ponta Porã e Iguatemi já contam com veículos novos para o desenvolvimento das ações dentro da política específica no município. As entregas foram realizadas na manhã desta terça-feira (29) pelo secretário em substituição da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), Adriano Chadid.

“Esses veículos representam uma pequena parte do grande empenho com que nossa equipe tem trabalhado durante esse ano. Buscando recursos e soluções que cheguem diretamente na ponta, ao cidadão de cada um dos 79 municípios de MS. Tenho certeza que esses automóveis serão muito bem empregados pelas equipes locais e farão a diferença no dia a dia”, destacou Adriano Chadid.

Para a secretária de assistência social de Ponta Porã, Vera Lúcia de Oliveira, o município de região de fronteira ganhará em agilidade nos atendimentos. “Nossa demanda cresceu muito neste ano, juntamente com a demanda de nosso país vizinho. Esse carro vem em muito boa hora, pois quanto mais veículos eu tenho, mais rápido consigo atender as famílias. Esse carro vai atender assentamentos, o distrito de Cabeceira do Apa e toda uma região de difícil acesso. Estou muito grata com o Governo do Estado e com toda a equipe da Sedhast”, pontuou.

Encerrando a gestão em Iguatemi, a secretária de assistência social, Chrislayne Giovana Martins, fez questão de vir receber o veículo. “Iguatemi tem uma extensão rural enorme. Nós temos três assentamentos e o Nossa Senhora Auxiliadora fica a mais de 70 quilômetros do município. É um trabalho que tem que ser realizado. Eu acredito que o próximo gestor e os técnicos farão um bom uso desse carro. Agradeço ao Governo do Estado e ao Governo Federal, que nos contemplou com esse carro”, disse.

Adriano Chadid, secretário da Sedhast; Vera Lúcia de Oliveira (e) e Chrislayne Giovana Martins (d) na entrega dos veículos.

Os veículos serão utilizados pelas equipes volantes dos Centros de Referências da Assistência Social (CRAS) dos municípios e estão no MOB-SUAS, programa de Mobilidade de Assistência Social do Ministério da Cidadania. A proteção social básica tem como objetivos prevenir situações de risco por meio do desenvolvimento de potencialidades e aquisições, e o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários. Destina-se à população que vive em situação de vulnerabilidade social decorrente da pobreza, privação (ausência de renda, precário ou nulo acesso aos serviços públicos dentre outros) e, ou fragilização de vínculos afetivos – relacionais e de pertencimento social (discriminações etárias, étnicas, de gênero ou por deficiências, dentre outras).

Texto e fotos: Leomar Alves Rosa

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo