Campo Grande

Hospitais recebem orientações sobre uso do sistema de identificação para vacinação contra a covid-19

Equipe da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) visitou hospitais de Campo Grande para reforçar as orientações sobre o uso do sistema desenvolvido em parceria com a Agência Municipal de Tecnologia e Informação (Agetec) para agilizar o processo de identificação das pessoas pertencentes aos grupos prioritários para imunização contra a COVID-19.

Segundo o coordenador da Coordenadoria Geral de Suporte Tecnológico e Informação (CGSTI) da Sesau, Hugo Valle, os profissionais dos hospitais estão sendo orientados sobre o preenchimento correto das informações para que posteriormente não haja inconsistencias.

“É de suma importância que todos os dados lançados no sistema estejam corretos, assim como todos os campos preenchidos para que a gente não tenha dificuldade na identificação da pessoa imunizada”, disse.

O trabalho executado pela CGSTI com apoio da Superintendência de Gestão do Cuidado da Sesau teve início pela Santa Casa, Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian (Humap) e Hospital Regional Rosa Pedrossian (HRMS) e deve abranger os demais hospitais públicos, filantrópicos e particulares da Capital.

Identificação

O sistema pode ser acessado pelo site: vacina.campogrande.ms.gov.br  e neste primeiro momento devem realizar a identificação os trabalhadores da saúde, idosos acima de 75 anos, idosos asilados e população indígena aldeada.

Os usuários terão que preencher um questionário com dados pessoais e no caso de profissionais de saúde anexar um comprovante de vínculo, que pode ser a imagem da carteirinha do conselho de classe ou holerite, e um documento oficial com foto para ambos.

A identificação não é um agendamento, mas garante atendimento mais rápido nos locais de vacinação e evita a formação de aglomerações.

Passo a passo

1- A pessoa apta a receber a vacina acessa o endereço web vacina.campogrande.ms.gov.br através de dispositivo conectado à internet, realiza o seu cadastro uma única vez e preenche os dados obrigatórios exigidos pelo Ministério da Saúde;

2- Antes de finalizar a identificação, a pessoa deverá enviar pelo sistema os documentos de identificação obrigatórios para a vacinação (carteira de conselho da categoria; e/ou documento com foto; e/ou documento de vínculo empregatício; dentre outros);

3- Finalizada a identificação, a pessoa poderá se dirigir até os locais de vacinação definidos pela Sesau/Prefeitura de Campo Grande, e informar aos responsáveis nesses locais que já realizou a identificação pelo sistema;

Em um segundo momento e conforme a logística de distribuição das vacinas, a Sesau irá informar através desse sistema a data e o local de vacinação da pessoa já identificada, como forma de diminuir as filas e o tempo de permanência nesses locais, evitando aglomerações.

A identificação pelo sistema não é obrigatória, quem não conseguir preencher os dados online poderá se dirigir aos locais de vacinação tendo em mãos os documentos obrigatórios de identificação.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo