AL MS

Programa Vida Saudável recebe secretário de Saúde de MS

Geraldo Resende falou à Rádio ALEMS sobre a campanha de imunização contra a Covid-19

Para abrir a série de entrevistas do programa Vida Saudável de 2021, a Rádio ALEMS recebeu em suas novas instalações o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende. O objetivo do bate-papo desta primeira edição, que vai ao ar nesta segunda-feira (8), foi falar da campanha de imunização contra a Covid-19, que está sendo realizada em todo Estado.

Nesta primeira fase, os municípios estão imunizando os idosos com mais de 60 anos que moram em instituições como casas de repouso, pessoas com deficiência em residências inclusivas, além de indígenas que vivem nas aldeias e trabalhadores da área da Saúde que estão na linha de frente contra a pandemia. Os idosos acima de 80 anos também foram incluídos no público prioritário da primeira fase desde 29 de janeiro.

Durante a entrevista, o secretário Geraldo Resende destacou que o Governo do Estado conta com uma nova ferramenta, o Vacinômetro MS, que traz o balanço geral sobre a quantidade de doses aplicadas nos grupos prioritários e um indicador que mede o índice de imunização em relação a população geral do Estado, com base nos dados do Data SUS 2020.

“Com esse recurso, a população pode acompanhar a situação quanto à imunização em cada município e do Estado como um todo. O painel se torna público e apresenta os seguintes dados das vacinas: total de vacinas recebidas; quantidade de doses aplicadas; aplicação das doses por grupos prioritários; e, em breve, teremos a consulta por laboratório fornecedor”, explicou Resende.

Das 190.746 doses enviadas pelo Ministério da Saúde ao Estado, Corovac e Astrazeneca, já foram aplicadas 46.152 que correspondem a 40.79% dos imunizados do grupo prioritário da primeira fase da Campanha de Vacinação contra a Covid-19. O indicador que mostra o percentual de vacinados em relação à população geral de MS é de 1,64%.

O secretário de Saúde ainda enfatizou que, mesmo com o início da vacinação, a população deve seguir atenta às medidas de proteção de combate à doença. “Vamos continuar nos cuidando, por meio das medidas de segurança como lavar as mãos com frequência; usar sabão e água ou álcool em gel; manter uma distância segura de pessoas que estiverem tossindo ou espirrando e claro usando máscara”.

Para ouvir o programa, basta acessar a Rádio ALEMS, clicando aqui.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo