Esportes

Mais uma vez decisivo, Thiago Heleno afirma: “Por esse clube eu dou a minha vida”


Thiago Heleno mais uma vez apareceu no momento decisivo para garantir a vitória do Athletico. Ao longo dos anos em que o General tem defendido a camisa rubro-negra, a cena tem sido recorrente.

Foi assim novamente contra o Atlético Goianiense, no domingo (14). De uma cabeçada potente e certeira do zagueiro, aos 46′ do segundo tempo, saiu o gol que garantiu o triunfo por 2 a 1 e manteve o Furacão na luta por uma vaga na CONMEBOL Libertadores.

Para Thiago Heleno, o gol e a vitória só foram possíveis devido ao trabalho e ao comprometimento de todo o elenco, que sempre acreditou que era possível conseguir uma reviravolta dentro do Brasileirão e brigar pelas primeiras posições na tabela.

“Acredito muito no trabalho. Estamos trabalhando a cada dia para tomar menos gols possível, porque a gente sabe que o ataque está sempre marcando. O principal ponto desse segundo turno foi acreditar no trabalho e nosso time tem dado uma resposta muito boa para conseguir alcançar nosso objetivo”, disse.

Thiago ressaltou que mesmo nos momentos mais difíceis na temporada o grupo rubro-negro nunca deixou de ter confiança na recuperação.

“Temos que acreditar o tempo todo. A gente não começou o ano muito bem, mas o futebol nos deu a oportunidade de trabalhar com um cara como o Paulo e de estar em clube como o Athletico, que dá todo o suporte pra gente. É só acreditar no trabalho e dar o nosso melhor”, destacou.

O General também falou sobre o próximo compromisso rubro-negro, no próximo domingo (21), em Porto Alegre.

“São duas finais agora. A gente precisa vencer fora de casa contra o Grêmio, que é um time que joga e deixa jogar. Fora de casa, a gente vem conseguindo beliscar alguns pontos. A gente tem que vencer lá, mas vencer organizado, sabendo o que vai fazer, tentando buscar o resultado positivo o tempo todo”, afirmou.

E sobre a sequência de sua carreira, Thiago garantiu que ainda tem muita história para escrever vestindo a camisa do Furacão.

“Quero jogar muito tempo ainda. Me cuidar bastante, viver o futebol. Fico feliz em fazer parte da história do Athletico. Pretendo não parar por aqui e no que eu puder ajudar, sempre deixei bem claro para a diretoria e para o torcedor que para esse clube eu dou a minha vida e tenho muito orgulho de vestir essa camisa”, garantiu.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo