Esportes

“SEM MUNDIAL” Palmeiras perde do Al Ahly-EGI e fica em 4º lugar


Vale ressaltar que o Alviverde teve a primazia de disputar os três formatos de mundiais de clubes já existentes. Em 1951, o Palmeiras disputou a primeira versão criada de um mundial de clubes: o Torneio Internacional de Clubes Campeões 1951, sediado no Brasil (Rio de Janeiro e São Paulo), competição da qual saiu como campeão após disputar sete partidas. Depois, em 1999, quando sagrou-se campeão da Libertadores da América daquele ano, disputou a Copa Toyota Intercontinental 1999, outra versão de mundial envolvendo clubes, na qual fez uma partida contra o Manchester United-ING e ficou com o vice-campeonato. Na edição de 2020 do mundial, a mais recente, disputou a Copa do Mundo de Clubes da FIFA Catar 2020™️.

Este foi 11º contra uma equipe do continente africano, sendo o quarto clube (os outros três foram Cornerstone-Gana, Accra Great Olympics-Gana e Stationery Stores-Nigéria), pois o Verdão também já enfrentou seis seleções (Seleção do Kinshasa-Congo, Seleção do Congo, Seleção da Nigéria, duas vezes, Seleção de Gana, Seleção de Magreb-Argélia e Seleção da Argélia) africanas.

Individualmente, vale destacar atuação do goleiro Weverton, que foi impecável durante o período de bola rolando, fazendo defesas incríveis e sempre seguro quando requisitado. Aliás, pelo fato de ter passado em branco no quesito gols sofridos mais esta partida, Weverton chegou, no total, a 31 jogos sem sofrer gols – o que é um recorde neste século em uma única edição. Com um total de, agora, 79 jogos sem levar gols desde que chegou ao Verdão, ele fica na terceira posição do ranking de goleiros com mais jogos sem ser vazado neste século, atrás apenas de Marcos (107) e Fernando Prass (101).

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo