MS

Parceria entre Rede Solidária e Senai capacita primeira turma de instaladores em energia fotovoltaica

A energia solar fotovoltaica é a energia elétrica produzida a partir do calor e da luz solar

A energia solar fotovoltaica é a energia elétrica produzida a partir do calor e da luz solar. Considerada uma fonte de energia alternativa, renovável, limpa e sustentável, o mercado que envolve a implantação do sistema cresce a cada dia, principalmente por ser possível reduzir a conta de luz em até 95%.

Acompanhando esse crescimento o mercado busca profissionais capacitados para atender a demanda. Pensando na possibilidade de geração de renda e capacitação, o programa Rede Solidária, desenvolvido pelo Governo do Estado e gerido pela Secretaria de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), em parceria com o Senai, disponibilizaram o curso de instalação em energia fotovoltaica, e este mês finaliza a capacitação da primeira turma de instaladores. No total foram 24 alunos matriculados através da parceria pelo programa Rede Solidária e encaminhados para o Senai.

“Foi uma oportunidade muito grande para mim, já tenho curso de eletricista, então esse de instalação da energia fotovoltaica veio para complementar. Estou muito animado com as possibilidades que o curso está proporcionando, já tem gente que está trabalhando e também quem vai abrir sua empresa”, relata um dos formandos, Reginaldo Cabral da Silva.

O curso também é uma possibilidade de abertura de micro e pequenas empresas, já que os profissionais podem oferecer mão de obra para instalar as placas, comprar os materiais e fazer manutenção. “Este curso é uma inovação no mercado, as empresas estão precisando de profissionais capacitados. Eles saem daqui aptos para fazerem avaliações das instalações, das placas solares, seguindo as normas técnicas de segurança. É uma grande porta que se abre”, analisa Rosangela Abdom de Melo, Coordenadora Pedagógica do Senai.

“É uma porta muito grande que se abre para nossos beneficiários. Como a pandemia afetou diretamente nossas atividades, poder dar essa contribuição para as famílias nesse período difícil para todos é muito gratificante”, analisa o diretor do Rede Solidária II, Paulo Xavier. Foram três meses de curso aplicados em duas etapas, teórico, ministrado na sede do Rede Solidária, no bairro Jardim Noroeste, e prático, oferecido na sede do Senai em Campo Grande.

Deise Helena, Rede Solidária

Fotos-Divulgação

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo