MS

TCE-MS assina convênio com UFMS para realização de Mestrado


Servidores do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul têm uma nova oportunidade de capacitação, desta vez por meio de um mestrado em administração pública, oferecido pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. O convênio inédito entre o TCE-MS e a UFMS, para a realização do “Programa de Mestrado profissional em Administração Pública” foi assinado na manhã desta segunda-feira (8/2) pelo presidente da Corte de Contas, conselheiro Iran Coelho das Neves, e o reitor da UFMS, Marcelo Augusto Santos Turine.

O curso de mestrado é voltado a promover a formação e o aperfeiçoamento dos servidores do Tribunal de Contas. O presidente do TCE-MS conselheiro Iran Coelho das Neves destacou a importância de qualificar o corpo técnico da Corte. “Firmar um convênio dessa magnitude com a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), que é uma instituição respeitada no Estado, fortalece o quadro, fortalece a instituição e quem ganha é a sociedade”.

Para o reitor da UFMS, Marcelo Augusto Santos Turine, o alinhamento entre as instituições possibilita o investimento em governança, inovação e educação. “Vamos oferecer mestrado profissional em gestão pública com as demandas do próprio Tribunal de Contas do Estado e, a partir dos problemas detectados, será possível apresentar soluções inovadoras para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul e do País”.

De acordo com o corregedor-geral do TCE-MS, conselheiro Ronaldo Chadid, o mestrado em gestão pública é inédito no Estado e trará relevantes benefícios para a gestão pública. “O Tribunal de Contas já vem promovendo capacitações nos últimos anos, na área de pós- graduação latu- sensu e cursos de curta duração. Obviamente que é inédito até entre os Poderes, nenhum outro Poder tem convênio dessa natureza para capacitar seus servidores”.

Serão destinadas 25 vagas para os servidores lotados no TCE-MS, com um total de 600 horas-aula, sendo 480 de atividades didáticas e 120 de pesquisas.

Em andamento

Está em andamento com a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, o convênio de “Desenvolvimento de Estudos de Conservação, Recuperação, Implementação e Execução da Pavimentação Asfáltica de Mato Grosso do Sul”, que busca o controle da qualidade do asfalto usado na estrutura de pavimentação no Estado.

O chefe da Divisão de Fiscalização de Engenharia, Arquitetura e Meio Ambiente do TCE-MS, Nasser Nehme Abdallah, destaca que o convênio trouxe uma isenção ao trabalho do Tribunal e ao grupo de Auditores “a partir do momento que nós colhemos corpos e prova da pavimentação urbana com recapeamento, o tapa buraco e levamos na Universidade para cumprimento e emulsão de laudos, podemos comprovar a qualidade do serviço prestado a sociedade”, destacou.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo