Polícia

PMA de Coxim utiliza imagem de satélites, drone e GPS e autua pecuarista em R$ 31 mil por desmatamento ilegal de três áreas de vegetação nativa em sua propriedade


Campo Grande (MS) – Em uma propriedade rural no município, localizada a 25 km da cidade foram conferidas três áreas de desmatamentos ilegais hoje (14) pela Polícia Militar Ambiental de Coxim, que realizou fiscalização ambiental na propriedade. A equipe vistoriou o local e verificou as áreas na propriedade que foram desmatadas há algum tempo e agora descobertas por técnica de sobreposição de imagem de satélites, para a qual não havia licença para a atividade.

Os Policiais mediram as áreas desmatadas sem a licença ambiental, com uso de GPS e fizeram a caracterização do uso do solo atual com utilização de drone. A vegetação foi desmatada ilegalmente entre o dia 17/7/2016 a 15/11/2017, conforme a análise multitemporal das imagens de satélites e perfez 30,77 hectares, em três pontos diferentes da propriedade, com 6,53, 10,5 e 13,74 hectares destruídos. No local já havia pastagem e criação de gado bovino. A madeira proveniente da vegetação desmatada já havia sido explorada e não estava mais no local.

O pecuarista (60), residente em Coxim, foi autuada administrativamente e recebeu multa administrativa de R$ 30.770,00. Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção. O autuado foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Publicado por: Ednilson Paulino Queiroz

Fonte: PM MS

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo