Polícia

Polícia Militar Ambiental de Aparecida do Taboado autua jovem de 22 anos por maus-tratos a cão encontrado desnutrido e com feridas e parasitas


Campo Grande (MS) – Policiais Militares Ambientais de Aparecida do Taboado receberam denúncias hoje (18), que versavam sobre um cão que estaria sofrendo maus-tratos em uma residência na cidade. Uma equipe foi imediatamente ao local e constatou a veracidade das denúncias, ao encontrar o animal em situação de penúria.

O animal, uma fêmea, sem raça definida estava extremamente debilitada, desnutrida, com ferimentos, com sarna, carrapatos, e exposta às intempéries e o pouco de alimento era lançado diretamente ao solo. Ou seja, não havia cuidados mínimos. O responsável pelo animal (22), residente no local, afirmou que o cão pertencia a sua mãe, a qual mudou-se da cidade e não pôde levá-lo, ficando aos seus “cuidados”. A cadela foi apreendida e encaminhada para ser atendida por médico veterinário na cidade.

O jovem recebeu voz de prisão e foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Aparecida do Taboado e responderá por crime ambiental de maus-tratos a animais. A pena para maus-tratos a cães e gatos é de dois a cinco anos de reclusão. Ele também foi autuado administrativamente e multado em R$ 500,00.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Publicado por: Ednilson Paulino Queiroz

Fonte: PM MS

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo