Polícia

Polícia Militar e autoridades municipais realizam operação para fiscalizar “toque de recolher” em Ponta Porã


Ponta Porã (MS) – A Polícia Militar do 4º BPM em conjunto com a Vigilância Sanitária, Guarda Municipal e Departamento Municipal de Trânsito de Ponta Porã realizaram mga operação para fiscalizar possíveis locais de festas clandestinas, bares e restaurantes com aglomerações ou em desacordo com as normas vigentes no município.

A Operação conjunta teve início na última sexta-feira (12/2) e continua durante todo feriado de carnaval. Até data de hoje 15/2 foram abordados 262 (duzentos e sessenta e dois) veículos, 251 (duzentos e cinquenta e uma) pessoas foram abordadas, foram lavrados 32 (trinta e dois) autos de infração de trânsito e 06 (seis) pessoas foram presas e conduzidas à Delegacia.

Os comércios como bares e restaurantes fiscalizados estavam de acordo com Legislação e orientações vigentes, aqueles que ainda estavam abertos após as 22 horas foram orientados a fechar o estabelecimento e notificados pela Vigilância Sanitária.

No sábado (12/2) foi fechada uma festa clandestina, o baile de carnaval sem nenhuma autorização estava acontecendo em uma chácara localizada no Bairro Monte Alto, as equipes chegaram até a chácara, após uma denúncia anônima. No local haviam mais de 500 (quinhentas) pessoas, que foram dispersadas com a chegada das equipes de serviço, foram identificados dois organizadores da festa, segundo eles não há um organizador “foram diversas pessoas que se juntaram para realizarem uma festa com convidados”. As pessoas presentes não estavam de máscaras e todos encontravam-se aglomerados no local. Os dois homens foram identificados, arrolados em Boletim de Ocorrência e Notificados pela Vigilância Sanitária, em seguida foram liberados.

É importante mantermos o distanciamento social, o uso de máscara e os cuidados necessários que são difundidos pelos órgãos de saúde, ressaltou o funcionário da Vigilância Sanitária, Ponta Porã continua com bandeira cinza, isso significa que o contágio está altíssimo e os leitos hospitalares entrando no limite. É importante que toda a população colabore com os órgãos públicos para que juntos possamos passar por essa fase.

Assessoria de Comunicação Social do 4º BPM/CPA1

“Guardião da Cidadania Fronteiriça”

Publicado por: Paulina Ribeiro

Fonte: PM MS

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo