Política

Panorama da imunização contra o coronavírus em debate no Perspectiva


Há quase um ano os primeiros casos de coronavírus eram reportados no Brasil; pelo mundo o vírus já fazia vítimas. Desde então, um esforço concentrado da ciência conseguiu elaborar e testar inúmeras vacinas, que hoje já são distribuídas em vários países. Por aqui, duas estão no plano do Governo Federal: a Coronavac (Sinovac/Butantã) e Chadox1 (Oxford/AstraZeneca), e a plena aplicação delas na população é fator essencial para acabar com a pandemia. Esse desafio foi debatido na nova edição do Perspectiva, da TV ALEMS.

Entrevistada por Lívia Machado, a médica infectologista Silvia Fonseca abordou um dos pontos mais polêmicos das vacinas: a eficiência geral. Considerada “baixa” pela população, esse dado não revela toda a potencialidade da imunização – no caso da Coronavac, por exemplo, internações e mortes foram evitadas em 100% dos casos na testagem.

Silvia argumenta também que a vacinação é necessária pois o novo coronavírus possui um código genético totalmente desconhecido pelo corpo humano, e por isso, a imunização torna-se ainda mais importante, já que o corpo não sabe como reagir a presença dele no organismo.

Até lá, alerta a infectologista durante o programa, máscara e álcool em gel continuam sendo itens obrigatórios pois a circulação do vírus ainda continuará; a combinação da prevenção com a vacina pode fazer o coronavírus deixar de circular muito em breve.

O “Perspectiva” é exibido ao longo da programação da TV ALEMS, canal 9 da operadora Claro NET TV, em Campo Grande e Dourados. Também é possível conferir esse e outros programas já exibidos pelo canal oficial do YouTube da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo