Câmara Municipal

Câmara amplia medidas restritivas para conter propagação da Covid-19 e retoma lives de orientação

Diante do avanço dos casos de coronavírus nos últimos dias, a Câmara Municipal de Campo Grande retoma as medidas de restrição de acesso ao público nas dependências do prédio da Casa de Leis, como medida preventiva. Ainda, devem ser retomadas as lives semanais com orientações à população e votado projeto autorizativo para que medidas urgentes sejam adotadas para ampliar exames e número de leitos.

As medidas foram anunciadas na manhã desta terça-feira (9), em entrevista concedida pelo vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão, presidente da Casa de Leis. Ato contendo o detalhamento das normativas deve ser publicado no Diário do Legislativo. Ele salientou ainda que a Comissão de Saúde tem participado de reuniões frequentes com a prefeitura, repassando as orientações para que a Câmara adote essas restrições de forma preventiva.

Os atendimentos pelos vereadores serão mantidos de forma on-line, por agendamento com limite de visitantes por gabinete ou por meio de reuniões e ações externas feitas pelos vereadores.  “Vamos dar uma reduzida na presença na quantidade de pessoas entrando todos os dias na Câmara, mantendo atendimento on-line e diminuindo o fluxo de gente na Casa. Vamos ainda fazer remanejamento da presença de servidores, dia sim, dia não na Câmara”, afirmou o presidente.

Uma das ideias é restringir o acesso a três visitantes por gabinete diariamente, todas com agendamento prévio. O vereador Carlão ressaltou que é essencial fazer sua parte. “A Câmara vai atender o povo, não vamos deixar de atender. A Comissão de Obras vai visitar obras paradas, a de Saúde vai acompanhar os hospitais e postos. Os vereadores e suas comissões vão trabalhar, a Câmara não vai ficar parada”, salientou.

Sessões – As sessões ordinárias, às terças e quintas-feiras, às 9 horas, serão mantidas, continuando com as restrições de acesso a assessores dos gabinetes, servidores da Câmara e imprensa. Todas as medidas de biossegurança são adotadas: uso de álcool em gel, aferição de temperatura e distanciamento entre os presentes, com espaçamento entre duas poltronas. As sessões, bem como Audiências Públicas promovidas, são transmitidas ao vivo pelo Facebook e Youtube da Casa de Leis. No ano passado, as sessões chegaram a ocorrer de forma virtual por conta da pandemia, mas nunca foram suspensas.

A Câmara também deve retomar, ainda neste mês, as lives semanais feitas para orientar a população e atualizar sobre os números mais recentes relacionados à pandemia no município. No ano passado, a Comissão de Enfrentamento à Covid-19 promovia os debates todas as quartas-feiras, recebendo autoridades para falar sobre prevenção, tratamento, educação, economia e todos os temas relacionados ao coronavírus.

Urgência – O vereador Carlão ressaltou a gravidade do momento enfrentado na cidade. “Os hospitais não têm vagas. Temos em torno de dez pessoas esperando leitos nos corredores  para serem intubados”, afirmou. O presidente ressaltou ainda que tem faltado remédios, equipamentos e os vereadores cobram aumento de leitos. Um dos objetivos é dar legalidade ao trabalho do prefeito para fazer o trabalho.

Está sendo elaborado projeto autorizado, com apoio dos vereadores da Comissão de Saúde e Procuradoria Jurídica, para que a prefeitura adote ações para amenizar as deficiências, a exemplo de um hospital de campanha e pontos de atendimento para que a população possa fazer exames, como ressonância ou ultrassonografia.

Milena Crestani 

Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo