Câmara Municipal

Vereador Ronilço Guerreiro lembra que Hemosul está aberto e pede para que população siga doando sangue

Apesar das restrições impostas pelos decretos municipal e estadual, o Hemosul segue como o seu funcionamento normal e pede para que os doadores sigam doando, pois o estoque está muito baixo e o local segue atendendo todos os hospitais do Estado.

Ronilço Guerreiro destaca que é importante seguir doando. “Temos que tomar todos os cuidados para sair de casa, mas doar sangue neste momento é importante. Tem muitas pessoas precisando e o Hemosul tem um cuidado especial com todos que vão até lá para doar”.

Já a coordenadora geral da Rede Hemosul, Marli Vavas, comenta que o momento é importante para a manutenção dos estoques de sangue e abastecimento da rede de saúde. “Nesse período é imprescindível que os doadores continuem vindo fazer as doações. É um momento bastante complicado, temos a pandemia batendo recordes todos os dias, temos a dengue que também está em alta, todos os tratamentos que usam plaquetas continuam, os pacientes continuam sendo internados por outras patologias. Nós precisamos dessa rede de solidariedade unida e com força total para continuarmos ajudando a salvar vidas”.

Orientações

É importante que o doador agende seu horário pelos telefones (67) 3312-1516 3312-1529 / (67) 99298-6316 whatsapp, para evitar aglomerações e gerenciar o fluxo de pessoas.

O Hemosul segue adotando as orientações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Saúde do MS com foco em prevenir a disseminação do vírus, como reforço das rotinas de limpeza e desinfecção das áreas comuns, aumento do espaço entre as cadeiras da sala de espera e da sala de coleta e obrigatoriedade do uso de máscara.

Doadores que já tiveram Covid-19 podem doar:

Casos leves – após 30 dias de finalização dos sintomas.

Casos moderado/graves – aguardar 6 meses para passar pela avaliação da triagem clínica.

Pessoas que tiveram contato com casos confirmados devem esperar 15 dias.

Vacinas

Pessoas que recebem a vacina Coronavac, produzida pela chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, podem doar 48h após a imunização. Já quem recebeu o imunizante Oxford/AstraZeneca, produzido em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), precisa esperar sete dias.

*Informações Hemosul

Assessoria de Imprensa do Vereador 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo