MSNoticias

Atletas de MS sobem duas vezes ao pódio no Campeonato Brasileiro Sênior de Wrestling

Mato Grosso do Sul foi duas vezes ao pódio no Campeonato Brasileiro Sênior de Wrestling 2021, modalidade também conhecida como luta olímpica

Mato Grosso do Sul foi duas vezes ao pódio no Campeonato Brasileiro Sênior de Wrestling 2021, modalidade também conhecida como luta olímpica. A competição foi realizada pela Confederação Brasileira de Wrestling (CBW), com disputas na Vila Olímpica Nilton Santos, na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio de Janeiro (RJ), neste domingo (14).

Amanda Lima Leal faturou a medalha de ouro na categoria até 55 quilogramas (kg), no estilo livre feminino. A campo-grandense deixou para trás atletas do Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Amazonas, Paraíba e São Paulo. Além do título de melhor do Brasil na respectiva classe de peso, Amanda assegurou vaga ao Pan-Americano Sênior 2021, previsto para acontecer de 16 a 20 de maio, em Brasília (DF).

Já Assíria Daniela da Silva ficou com o bronze, no mesmo estilo, só que na categoria até 53 kg, enfrentando adversárias do Amazonas, São Paulo e Rio de Janeiro. O sul-mato-grossense Pedro Samuel da Silva também participou do campeonato e terminou na quinta colocação da categoria até 70 kg, estilo livre masculino.

Amanda Lima faturou o ouro

Assíria Silva (agasalho preto) levou o bronze

Os três atletas, que são destaque do wrestling sul-mato-grossense e também já despontam há alguns anos a nível nacional, estavam sendo contemplados pela última edição (2019-20) do programa Bolsa Atleta, do Governo do Estado, concedido pela Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).

O técnico Agnaldo Santos, beneficiário do Bolsa Técnico, acompanhou os lutadores na capital fluminense. Todos se inscreveram para pleitear o auxílio financeiro neste ano (2021-22), que contemplará, ao todo, 235 atletas e 30 técnicos em 11 categorias. As inscrições foram encerradas na última sexta-feira (12) e o processo seletivo está em curso.O Campeonato Brasileiro Sênior de Wrestling 2021 reuniu mais de 200 atletas de 20 estados, com embates em 30 classes de peso, nos estilos livre (masculino e feminino) e greco-romano (apenas masculino). De acordo com a CBW, protocolos de biossegurança contra a Covid-19 foram obedecidos por todos os atletas e membros de comissão técnica.

Lucas Castro, Fundesporte

Fotos: Divulgação

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo