MSNoticias

Mato Grosso do Sul fecha janeiro com a abertura de 3,4 mil empregos; 60 municípios mais contrataram que demitiram

Mato Grosso do Sul fechou janeiro com saldo positivo na geração de empregos. No primeiro mês de 2021 foram criados 3.483 postos de trabalho, resultado de 19.455 admissões e 15.972 desligamentos conforme dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

O saldo foi positivo para todos os setores com destaque para o de serviços (+1.504 postos de trabalho), seguido pelo comércio (+793), indústria (+485), construção (+452) e agropecuária (+249).

No panorama regional, 60 municípios mais contrataram do que demitiram. Se destacam neste cenário Campo Grande (+1.196), Dourados (+493), Três Lagoas (+447), Chapadão do Sul (+294), Aparecida do Taboado (-129), e Coxim (+109).

Por outro lado, 19 municípios sul-mato-grossenses mais desligaram do que admitiram fechando janeiro de 2021 com saldo negativo. Entre eles estão Caarapó (-127), Fátima do Sul (-121) e Bataguassu (-103).

JANEIRO 2021 (Novo Caged)
SETORES     ADMITIDOS      DESLIGADOS     SALDO
Agropecuária 1.088 839 249
Comércio 5.656 4.863 793
Construção 1.429 977 452
Indústria 3.746 3.261 485
Serviços 7.536 6.032 1.504
TOTAL 19.455 15.972 3.483

Saldo de 2020

Mato Grosso do Sul fechou o ano passado com saldo positivo na geração de empregos e fechou 2020 como o 9° estado que mais contratou apesar da pandemia da Covid-19. O acumulado para o ano foi de 14.173 novas vagas de emprego formal, conforme o Novo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério da Economia.

Mireli Obando, Subcom com informações Funtrab

Foto: Divulgação

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo