MSNoticias

Subsecretaria da Juventude divulga 2ª edição da Pesquisa Juventudes e a Pandemia do Coronavírus

Um ano após o início da pandemia de Covid-19, garantir direitos para a população jovem brasileira tornou-se um desafio complexo

Um ano após o início da pandemia de Covid-19, garantir direitos para a população jovem brasileira tornou-se um desafio complexo. Em busca de respostas dos próprios jovens sobre como a crise sanitária os afeta e como eles podem ser apoiados neste momento, uma nova onda da pesquisa “Juventudes e a Pandemia do Coronavírus (Covid-19)”, foi lançada. Jovens de 15 a 29 anos de todo o Brasil poderão participar da consulta por meio do questionário online disponível no link bit.ly/juventudesepandemia2, até o dia 5 de abril.

A pesquisa é promovida pelo Conselho Nacional da Juventude (CONJUVE), em parceria com outros órgãos e conta com o apoio da Subsecretaria de Estado de Políticas Públicas para Juventude no Mato Grosso do Sul. “Precisamos entender ainda mais os jovens neste segundo momento da pandemia. Essa é mais uma forma de colher informações dos jovens e traçar novos caminhos para as políticas públicas”, explica o Subsecretário de Estado de Políticas Públicas para Juventude, Ian Leal.

De acordo com o presidente do Conselho Nacional da Juventude, Marcus Barão, essa segunda mobilização pretende atualizar as percepções das juventudes sobre a crise e trazer dados que ajudem a evitar sequelas graves para a maior geração de jovens da história do país.

“Todo este contexto tem forte influência no processo de desenvolvimento da população jovem no Brasil. A situação é grave. Precisamos urgentemente de ações concretas, com real capacidade de promover mudanças, atendendo as demandas emergenciais e apresentando perspectivas de futuro, por isso decidimos realizar a 2ª onda da Pesquisa Juventudes e a Pandemia do Coronavírus”, afirma.

O lançamento dos dados será realizado no festival de lançamento do Atlas das Juventudes, em maio. O Atlas das Juventudes é uma pesquisa nacional, coordenada pelo Em Movimento e pelo Pacto das Juventudes pelos ODS, que têm como objetivo produzir, sistematizar e disseminar dados sobre as diferentes juventudes do Brasil. Contribuir com evidências para que sejam feitos os investimentos certos, no momento certo, para ativar o potencial desta geração.

Jaqueline Hahn Tente, Secretaria Especial de Cidadania (Secid)          

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo