Polícia

PMA de Naviraí autua dois pescadores profissionais e um amador em R$ 3 mil por pesca predatória e apreende três barcos, três motores, pescado e petrechos de pesca


Campo Grande (MS) – Equipes de Policiais Militares Ambientais de Naviraí estão hoje (20) realizando fiscalização ambiental de prevenção à pesca predatória nos rios Paraná e Amambai, iniciada ontem (19) de madrugada e autuaram três pescadores por pesca predatória. O primeiro infrator foi abordado ontem (19) no rio Amambai em uma embarcação e pescava com 29 anzóis de galho (petrecho proibido), quando o permitido para sua categoria de pesca é de apenas 8 (oito) anzóis. Além disso, ele não identificava com seu registro profissional os anzóis armados, conforme prescreve a legislação.

O pescador iniciava a pescaria ilegal e ainda não havia capturado nenhum pescado. Foram apreendidos um barco, um motor de popa e os 29 anzóis de galho. O infrator (40), residente em Naviraí, foi multado administrativamente em R$ 1.050,00.

RIO PARANÁ

Outra equipe, que fiscaliza o rio Paraná também autuou outro pescador profissional por pesca predatória ontem (19). Ele foi abordado em uma embarcação, na região do Porto Santo Antônio, no município de Itaquiraí, quando pescava com fisga, que é petrecho proibido para qualquer categoria de pesca e ainda havia capturado pescado abaixo da medida permitida pelas normas. Com o infrator foram encontrados 13 exemplares de peixes com marcas de captura com o petrecho ilegal e ainda, alguns exemplares da espécie traíra apresentavam-se abaixo da medida permitida. Havia exemplar com 23 centímetros, quando o tamanho mínimo de captura é de 30 centímetros para a espécie.

Com o pescador profissional foram apreendidos um barco, um motor de popa, a fisga e o pescado capturado ilegalmente. O infrator (47), residente em Itaquiraí, foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 1.000,00.

No mesmo rio e município, próximo do local da abordagem do primeiro pescador, a mesma equipe abordou um pescador amador em uma embarcação, onde foram encontrados dois exemplares de peixes, sendo um da espécie boca-de-batom, e outro da espécie barbado, este abaixo da medida permitida pela legislação. O exemplar apresentava 44 centímetros, quando o tamanho mínimo de captura é de 50 centímetros para a espécie.

Foram apreendidos um barco, um motor de popa e o pescado e o infrator (39), residente em Itaquiraí, foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 1.000,00.

Todos os pescadores responderão por crime ambiental de pesca predatória. Se condenados, poderão pegar pena de um a três anos de detenção. As equipes continuarão em fiscalização nos dois rios.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Publicado por: Ednilson Paulino Queiroz

Fonte: PM MS

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo