Só Pets

Como adaptar o cachorro à nova casa?

source

Cachorros mudança
Pexels

Cachorros mudança

Mudar de casa significa um recomeço para a família e para os  bichinhos de estimação também. Além de ser estressante aos donos, os cachorros também ficam cansados e ansiosos com o novo lar. A adaptação dos cachorros no novo lar exige dedicação dos tutores, já que os cãezinhos que moram muito tempo no mesmo lugar tendem a fazer da sua casa seu território e já elegeu seus cantos por ali.

Se o tutor já está com tudo encaixotado e com medo se seu peludo vai ou não se acostumar com a nova casa, não se preocupe! O veterinário Luiz Alberto Beig Imperador deu algumas dicas de como facilitar essa mudança.

Sinais de estresse

Alguns cães podem começar a ter comportamentos indesejados para chamar a sua atenção, como latidos sem motivação externa, destruir objetos ou fazer suas necessidades em lugares fora do habitual (sofá, cama, tapetes, por exemplo). Outros podem apresentar falta de apetite, de sono, problemas gastrointestinais e apatia.

Imperador explica que entender os sintomas é fundamental para que possa tratá-los. “Brincadeiras e atividades são ótimos métodos de reverter alguns desses comportamentos, pois aliviam o estresse e liberam energia. Caso não solucione, procure o  auxílio de um bom adestrador comportamental e um médico veterinário”, acrescenta.

Você viu?

cuidados com os cachorros na mudança
Pexels
cuidados com os cachorros na mudança

Manter a rotina e hábitos

Os cães são animais territorialistas por natureza, logo, é imprescindível que ele se sinta o mais confortável possível. Manter os locais nos quais ele se alimenta, faz suas necessidades, dorme, com as coisas dele, são ótimos métodos para que ele reconheça o ambiente.

“Ocupar o tempo do cãozinho também ajuda muito para que ele tenha a sua energia corporal e mental gasta e consiga entrar na rotina do novo ambiente mais facilmente”, detalha.

É muito importante que o seu animalzinho não sinta muito os impactos na mudança de ambiente. Uma das dicas fundamentais é que o seu pet se sinta como uma das prioridades de seus tutores.

Para fazer isso, o dono pode manter as atividades com a mesma frequência de antes, e se possível, nos mesmos horários. “Dar alimentação e continuar as brincadeiras nos horários e frequência habituais, também é crucial. Os cães se apegam muito a rotinas. Assim sendo, se elas sofrerem grandes impactos, você notará os sinais. É necessário estar atento para que se percebam possíveis mudanças logo de início”, explica o especialista.

Por isso, manter a rotina do peludo é importante durante a correria da mudança. Já que é normal que os animais deixem de ser prioridade. “Assim como nós, os cães também ficam estressados, alguns ficam tristes, outros com falta de apetite, outros quietos, até ter problemas de saúde. Por isso é muito importante que a rotina do cão seja mantida dentro da conjectura possível, mantendo os horários das refeições, passeios, brincadeiras”, esclarece.

Colocar ele em um hotel para cachorros durante a mudança é uma boa ideia?

Se mesmo com todos esses cuidados, o seu cachorrinho ainda não estiver acostumado, uma creche canina é uma ótima opção para que o cão tenha boa parte do seu tempo preenchido com atividades e socialize com outros cachorros.

Colocar ele em um hotel para cachorros também pode ser uma boa ideia, dependendo da personalidade do animalzinho. “O hotel canino seria uma boa opção desde que seja em um lugar ao qual ele já esteja habituado. A mudança de rotina e ambiente não podem sofrer grandes impactos. É muito importante que o cão fique em um lugar que ele já conheça, não só o ambiente, mas também, as pessoas. Ele precisa se sentir confortável e confiante para que o tempo longe de você e do território dele seja o menos estressante possível”, encerra.

Fonte: IG PET

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo