Tecnologia

Anatel reserva frequência 6 GHz para criar super Wi-Fi; entenda


source
O que é o super-wifi? Anatel aprova frequência 6 GHz para o sinal de conexão
Flávio Pinto

O que é o super-wifi? Anatel aprova frequência 6 GHz para o sinal de conexão

Seguindo o exemplo do mercado estadunidense, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) tomou uma nova decisão importante quanto ao uso da internet no Brasil. De acordo com a agência, foi definido que a frequência de 6 GH z será usada exclusivamente para o Wi-Fi 6E (6E de “extended”, ou, estendido, em livre tradução), ou, o “super-wifi” .

A decisão vai contra a expectativa das operadoras do país, que esperavam utilizar a via de conexão para internet móvel. No final do mês de fevereiro, a Anatel havia aprovado os requisitos técnicos para o Wi-Fi 6E.

Sinônimo de última tecnologia em conexão sem fio, o Wi-Fi 6E permite o desenvolvimento de roteadores mais eficientes, oferece sinal mais rápido e estável para consumidores domésticos ou em empresas, além de permitir a expansão de recursos de realidade virtual e aumentada para smartphones e computadores.

O novo padrão de redes sem fio passa a contemplar equipamentos que operam na faixa de 5.925 MHz a 7.125 MHz, modificando o atual Ato nº 14.448/2017, responsável por estabelecer os requisitos técnicos de equipamentos de radiocomunicação de radiação restrita.

Considerando possibilidades para implementações futuras, a Anatel também decidiu não estabelecer limite de largura de canal para o Wi-Fi 6E, anteriormente proposto em 320 MHz.

O que é o super-wifi?

O ano de 2021 deverá ser palco de diversos novos celulares, notebooks, TVs e roteadores equipados com a tecnologia Wi-Fi 6E, expandido a conexão sem fio atual em até 4 vezes.

Você viu?

Desde abril de 2020, a Federal Communications Commission (FCC) abriu essa nova faixa de espectro nos Estados Unidos. Com isso, a Wi-Fi Alliance — grupo de toda a indústria que supervisiona o Wi-Fi — anunciou recentemente que está certificando a primeira onda de produtos com suporte para a tecnologia.

Basicamente, os dispositivos Wi-Fi existentes operam em duas bandas de espectro: 2,4 GHz e 5 GHz. O Wi-Fi 6E adiciona uma terceira banda (6 GHz), praticamente quadruplicando a quantidade total de ondas usadas para a conexão sem fio convencional.

Chegada ao Brasil do super-wifi

Isso não só permitirá mais conexões e maior velocidade, como também poderá diminuir interferências. Como o Wi-Fi 6E tem mais largura de banda disponível, há menos chances de que você e seus vizinhos “lutem” pelas mesmas ondas de rádio.

Mas quanto à chegada no Brasil, é melhor esperar um pouco. Pois, apesar de muitos produtos com suporte ao Wi-Fi 6E serem lançados ainda neste ano, pode levar um certo tempo até que a tecnologia seja incorporada na maioria dos dispositivos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo