Turismo

Turismo religioso: conheça 7 destinos para visitar no Brasil


source
Aparecida fica no interior de São Paulo
Unsplash/Maxuel Silva

Aparecida fica no interior de São Paulo







O turismo religioso mobiliza milhares de pessoas todos os anos. Só para ter uma ideia, segundo o Ministério do Turismo , a religião movimenta cerca de R$ 15 bilhões no país. O principal objetivo dos fiéis é expressar a sua fé ou comemorar datas importantes, como o Dia de Nossa Senhora Aparecida e o Corpus Chisti . No entanto, esses destinos também são procurados por pessoas que desejam conhecer mais sobre a cultura e a história local. 

Embora o turismo religioso seja praticado em sua maioria pelos católicos , existem diversos lugares no Brasil que são um refúgio para outras religiões, como o budismo, o espiritismo e o candomblé . A diversidade religiosa em nosso país é vasta, o que torna cada experiência não só acolhedora, mas rica em aprendizados. 


Por conta da pandemia gerada pela Covid-19 , a maioria das atrações alteraram ou paralisaram suas atividades, entretanto o turista pode começar a se planejar para quando tudo se normalizar e for seguro realizar as peregrinações. 

A seguir, confira oito cidades religiosas para conhecer no Brasil:  

1. Aparecida (SP)

Aparecida do norte
Reprodução

Aparecida do norte


Aparecida está a 170 km de São Paulo e é o principal destino escolhido pelos fiéis católicos, que são atraídos para conhecer o maior santuário do mundo em homenagem à Nossa Senhora . A Basílica Nova de Nossa Senhora Aparecida foi construída em 1955 e possui capacidade de 45 mil pessoas. Sua forma de cruz e grandiosidade são o cartão postal da cidade.

Sua história começa em 1717, quando dois pescadores encontraram uma imagem da santa às margens do Rio Paraíba do Sul . Desde então, o local se tornou um ponto de exercício de e misticismo . Estima-se que aproximadamente 200 mil romeiros visitam a cidade apenas no feriado de 12 de outubro, Dia da Padroeira do Brasil. 

2. Ouro Preto (MG)

Ouro Preto
Reprodução

Ouro Preto


A 100 km da capital de Minas, Ouro Preto se orgulha de possuir uma extensa rota religiosa . A cidade possui 131 igrejas e capelas , das mais simples às mais adornadas. 

Você viu?

A Igreja de São Francisco de Assis , por exemplo, é um patrimônio histórico do Brasil. A construção foi concluída em 1771, sendo um projeto de Aleijadinho e do mestre Ataíde , representantes do barroco brasileiro. Os ingressos variam de R$ 5 a R$ 10.

A Igreja de Santa Ifigênia é uma das mais procuradas da cidade. Conhecida como a igreja dos escravos, ela é repleta de imagens de santos negros. O valor de entrada é de R$ 5.

3. Uberaba (MG)

Uberaba
Reprodução

Uberaba


Uberaba é a cidade onde viveu o médium Chico Xavier . Hoje, ela atrai caravanas de centros espíritas de diversas partes do país. O Memorial Chico Xavier , por exemplo, é um dos locais mais procurados, pois localiza-se na casa em que o escritor morou. Lá, os visitantes têm acesso a fotos, mobiliários e objetos que pertenceram a ele. A entrada é gratuita.

Apesar de não ser a cidade natal do médium, foi nessa cidade do Triângulo Mineiro, a 494 km de Belo Horizonte, que ele ganhou notoriedade como o maior nome do espiritismo no Brasil. Lá também fica a Casa da Prece (Av. João 23, 1495, no bairro Parque das Américas), onde Chico costumava atender mais de 500 pessoas por semana. O Grupo Espírita da Prece continua promovendo os cultos, aos sábados.

Outro ponto de peregrinação é o mausoléu de mármore do espírita, que é visitado por pessoas de todos os cantos do Brasil. Uma estátua em bronze enfeita o local. De vez em quando, ela verte gotas d’água. Algumas pessoas consideram a água milagrosa.

4. Cotia (SP)

Cotia
Reprodução

Cotia


No interior de São Paulo os turistas encontram o maior templo budista da América Latina. Se trata do templo Zu Lai , inaugurado em 2002 por uma família de praticantes da religião na cidade. O local é indispensável para quem segue a filosofia budista, mas também para quem busca um lugar tranquilo para refletir e meditar.

Zu Lai possui belos jardins que atraem muitos turistas que adoram fazer um piquenique em contato com a natureza. O local é bem tranquilo e fica ainda mais chamativo durante a primavera. A entrada e o estacionamento são gratuitos, porém os visitantes podem optar por visitas guiadas, que custam R$ 5.

5. Nova Trento (SC)

Nova Trento
Reprodução

Nova Trento


Nova Trento é uma pequena cidade a 75 km de Florianópolis que tem como principal atrativo turístico e religioso o Santuário de Madre Paulina , santa canonizada em 2002. Inaugurado em 2006, o santuário une religião e ecoturismo em uma área natural com trilhas, cascatas, lagoas e jardins.

O município foi colonizado por italianos e, rodeado por montanhas, encanta fiéis, romeiros e apaixonados pela natureza. Já o templo possui uma igreja de arquitetura moderna, com 6 mil lugares além de 30 outras atrações abertas para visitação. 

6. Salvador (BA)

Salvador
Reprodução

Salvador


A cidade de Salvador, por ser uma das mais antigas do país, é rica em monumentos históricos com grande valor religioso. Além disso, devido ao grande número de escravos que aportou ali, o sincretismo religioso é muito forte. Ou seja, a mistura de crenças é característica do lugar, com festas tradicionais que unem o catolicismo e o candomblé . Um bom exemplo é a Festa de Iemanjá , que ocorre dia 2 de fevereiro e reúne milhares de fiéis.

A lenda que corre pela população é que existem 365 igrejas na cidade, uma para cada dia do ano. Entre as mais famosas estão a Igreja de Nosso Senhor do Bonfim, a Igreja da Ordem Terceira do Carmo, a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos e a Igreja e Convento de São Francisco .

7. Juazeiro do Norte (CE)

Juazeiro do Norte
Reprodução

Juazeiro do Norte


A maior cidade do interior do Ceará também é conhecida como a capital da fé e é um dos maiores centros religiosos do Brasil. O principal símbolo de Juazeiro é a figura do Padre Cícero , líder que foi eternizado em uma estátua de 25 metros (a terceira maior em concreto no mundo) e possui milhares de devotos pelo país. Além disso, o calendário do lugar é recheado de festas em homenagem ao padre ao longo do ano.

O município fica a 563 km de Fortaleza e é o segundo maior do estado fica no Vale do Cariri. O que tornou este lugar tão especial foi o chamado “Milagre de Juazeiro”, que aconteceu em 1889, quando o religioso realizou a comunhão da beata Maria Magdalena do Espírito Santo e ele se surpreendeu quando a hóstia sagrada se transformou em sangue.

A situação se repetiu dezenas de vezes com outros fiéis e foi testemunhada por muitas pessoas, sendo, inclusive, atestada por dois médicos e um farmacêutico como um fato sobrenatural. Após o acontecimento, Juazeiro se tornou um centro de peregrinação, especialmente no nordeste e todos os anos, em novembro, mês dos finados, atrai mais de 2 milhões de pessoas para uma grandiosa romaria.

Entre as principais atrações turísticas da cidade estão a Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores , construção barroca de 1875 e centro de todos os eventos religiosos que acontecem na cidade, a Igreja de São Francisco , que guarda um dos maiores conjuntos religiosos do Norte e Nordeste e a Capela do Perpétuo Socorro , construçã iniciada e concluída pelo próprio Padre Cícero. É lá que está, no piso de seu altar-mor, o túmulo do “Padim” milagroso.

O padre também ganhou um memorial com fotos e um museu onde ficam expostos seus objetos de uso pessoal como óculos, chapéus e batinas, além de imagens sacras que pertenciam ao religioso.

Fonte: IG Turismo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo