PET

Dia da Mentira: 10 mitos sobre cães e gatos


source
cães e gatos
Unsplash

cães e gatos










Adotar um animal é um ato de amor, mas é comum que as pessoas escutem alguns mitos que, de tanto serem repetidos, acabam ficando no imaginário popular. No entanto, essas “verdades” podem ser prejudiciais à saúde dos animais e à nossa relação com eles, além de causarem medos infundados nos tutores.

Por isso, no Dia da Mentira, o Canal do Pet desmistifica 10 crenças sobre cães e gatos e aproxima ainda mais a relação entre animais de estimação e seus tutores.


1. Cães não enxergam cores

Por vários anos acreditou-se que os cachorros enxergavam em preto e branco, porém estudos recentes comprovam que eles apenas distinguem menos cores que os humanos. O vermelho e o verde, por exemplo, não são vistos pelos bichinhos. 

Além disso, eles não notam tantos detalhes como nós, mas não pense que eles saem prejudicados nessa história: como possuem o olfato, paladar e audição mais desenvolvidos, é o suficiente para sua sobrevivência.

2. Mulheres grávidas não devem ter gatos

Esse mito existe por conta da toxoplasmose, doença transmitida pelas fezes dos gatos. Se uma gestante for infectada, ela pode sofrer um aborto ou o bebê pode nascer com problemas congênitos. Por isso, muitas pessoas dizem que uma relação entre gatos e grávidas não pode existir. 

Apenas 1% dos felinos disseminam a doença e, ainda assim, a mulher ou o animal só contraem toxoplasmose se ficarem expostos a temperaturas acima de 36°C por mais de dois dias.

3. É impossível educar e treinar um cachorro adulto

A maioria dos donos de cães já ouviu alguma vez na vida que o cachorro só é bem educado se é adestrado ainda filhote, mas isso é um mito. 

Na verdade, os cães podem aprender durante toda a sua vida, o que muda é a maneira de ensinar. Por exemplo, em animais de idade avançada, o número de repetições da tarefa deve ser maior.

4. Gatos são apegados ao lar e não aos donos

Todo tutor já ouviu isso alguma vez na vida: enquanto os cães são apegados aos donos, os gatos são apegados à casa. É mentira. Os felinos são apenas mais independentes que os cães e menos propensos a aceitar mudanças, mas são extremamente apegados aos tutores, do jeito deles, é claro.

5. Cães não podem ficar próximos de bebês

Com a chegada de um bebê, os tutores se perguntam que providências devem tomar em relação aos cães. Muitos consideram até encontrar uma nova casa para os bichinhos, tudo por conta de uma crença de que os cachorros podem machucar os recém-nascidos.

Sim, é fato que os pets sentem ciúme das crianças, mas isso pode ser revertido com o tempo.  Então, para evitar problemas, é preciso preparar o cão desde a gravidez. Com técnicas de adestramento, acostume os animais com possíveis mudanças. 

Você viu?

6. Gatos não são carinhosos

Outra mentira contada em relação aos gatos é que eles são frios e nada carinhosos. No entanto, quem possui um gatinho em casa sabe que eles adoram receber e retribuir carinhos, mas de uma forma mais discreta se comparados aos cães. 

Eles demonstram amor ronronando, miando e “se esfregando” nos tutores. Ou seja, a afirmação de que os felinos são animais sem sentimentos é extremamente falsa.

7. O Pitbull é sempre agressivo

Muito se fala sobre a personalidade do pitbull, que é visto como perigoso e agressivo. No entanto, eles não são nada violentos e sim brincalhões, inteligentes e tranquilos. Então de onde surgiu essa fama de animais hostis? 

O que muda de cão para cão é a forma como são ensinados: alguns tutores os treinam de forma errônea, contribuindo para a sua agressividade. Além disso, o porte grande e forte do pitbull também é um fator que pode ser considerado como ameaça.

8. É impossível educar e treinar um gato

Como são mais independentes, muitos acreditam que não é possível adestrar um gato, mas — apesar de parecer uma tarefa complicada–, os felinos podem aprender comandos básicos de ordem e parar de arranhar o sofá, por exemplo. 

A primeira coisa que o tutor deve ter é paciência: faça carinhos e compense o gatinho com guloseimas. Assim, o momento de treinamento será muito prazeroso para você e para ele.

9. Cães lambem as feridas e isso é o suficiente para curá-las

Quem possui um animal de estimação provavelmente já viu ele lambendo as feridas. Eles fazem isso porque esse hábito ajuda na cicatrização dos ferimentos. 

No entanto, dependo do machucado, a saliva não é o suficiente para curá-lo. Se a ferida for profunda e não fechar, é necessário procurar um médico veterinário.

10. Todos os gatos odeiam água

Sim, muitos gatinhos sentem medo ou ficam desconfortáveis quando se aproximam de água, mas isso é muito relativo e varia de animal para animal. Inclusive, alguns felinos adoram se refrescar e tomar banho, mas tudo vai depender da forma como foram acostumados. 

Fonte: IG PET

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo