Polícia

PMA de Naviraí autua assentado em R$ 6 mil por exploração ilegal de madeira em área protegida durante trabalhos da operação Prolepse de prevenção aos incêndios


Campo Grande (MS) – Policiais Militares Ambientais de Naviraí realizavam orientações sobre incêndios nos trabalhos informativos da operação Prolepse, de prevenção e combate aos incêndios, com distribuição de “folders” e orientando os moradores rurais sobre os problemas dos incêndios e, durante os trabalhos no Assentamento Juncal, no município, ouviram barulho de motosserra na área de reserva legal coletiva do Assentamento (área protegida por Lei).

A equipe seguiu o barulho da motosserra e localizou um homem beneficiando madeira de árvores que ele havia derrubado. No local foram verificadas diversas árvores derrubadas e algumas toras, que foram apreendidas, junto com a motosserra. O infrator informou aos Policias que não havia derrubado todas as árvores no local e que outras pessoas também exploravam madeira na reserva.

Motosserra apreendida.

O infrator (25), residente no assentamento, foi autuado administrativamente e multado em R$ 6.000,00 ontem (7), por exploração de madeira ilegalmente em área protegida por lei. Ele também responderá por crime ambiental, com pena prevista de um a três anos de reclusão.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Publicado por: Ednilson Paulino Queiroz

Fonte: PM MS

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo