Polícia

Polícia Militar Ambiental de Aquidauana autua pedreiro por incêndio dentro da operação Prolepse de prevenção aos incêndios


Campo Grande (MS) –  A Polícia Militar Ambiental de Aquidauana autuou o nono infrator por incêndio, desde o dia 23 de março. Foram oito por incêndios urbanos e um por incêndio rural em pastagem. No final da tarde de ontem (5), os Policiais Militares Ambientais receberam denúncias de moradores do bairro São Cristóvão, em razão da perturbação à saúde até das crianças, devido à grande quantidade de fumaça, em razão de queima de resíduos e vegetação de terrenos baldios que era executado pelo morador de uma residência no bairro.

Uma equipe compareceu ao local e encontrou o denunciado, um pedreiro de 68 anos, que assumiu ter incendiado a vegetação de gramínea e arbustiva de terrenos baldios de grande porte nas proximidades de sua residência, para limpeza, o que causou muita fumaça e os transtornos aos vizinhos.

Quando a equipe chegou o fogo já estava extinto. De qualquer forma, o infrator foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 400,00. Ele também foi orientado sobre os problemas gerados pelos incêndios, nesta fase informativa da operação “Prolepse” de prevenção aos incêndios em Mato Grosso do Sul, executada pela Polícia Militar Ambiental, desde o dia 22 de março.

Mesmo nesta fase de orientação da operação, a população tem denunciado veementemente as pessoas que provocam incêndios, especialmente, no perímetro urbano, até porque essas pessoas são prejudicadas nesses casos, porque normalmente são vizinhas do problema. Dentro dos trabalhos da operação Prolepse, cujo o foco são os incêndios na área rural pantaneira, os incêndios urbanos também estão sendo prevenidos e combatidos como uma das metas da operação.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Publicado por: Ednilson Paulino Queiroz

Fonte: PM MS

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo