Polícia

Polícia Militar Ambiental de Cassilândia prende e autua um homem e uma mulher por pesca predatória ao capturar pescado abaixo da medida permitida no rio Aporé


Campo Grande (MS) – As 26 Subunidades da Polícia Militar Ambiental estão trabalhando na operação Semana Santa, sendo que dentro desta operação, 90 Policiais foram designados com o foco nas operações fluviais nos rios sob suas circunscrições, na operação Big Fish I/21. Durante fiscalização fluvial no rio Aporé no município, a 87 km da cidade, Policiais Militares Ambientais de Cassilândia prenderam e autuaram dois pescadores por capturar e abater pescado abaixo da medida permitida ontem (3) no final da tarde.

Os Policiais abordaram os pescadores, quando praticavam pesca com uso de carretilhas com varas e tinham capturado cinco exemplares de peixes da espécie piau-três-pintas, sendo que quatro deles estavam abaixo do tamanho mínimo permitido para a captura por lei. Duas carretilhas com varas, um puçá e o pescado foram apreendidos.

Petrechos apreendidos.

Os Infratores, uma mulher de 49 e um homem de 25 anos, residentes em Cassilândia, receberam voz de prisão e foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil de Cassilândia, juntamente com o material apreendido, e responderão por crime ambiental de pesca predatória. A pena é de um a três anos de detenção e multa. Os infratores também foram autuados administrativamente e foram multados em R$ 720,00 cada um.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Publicado por: Ednilson Paulino Queiroz

Fonte: PM MS

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo