Tecnologia

Apple e Google são questionados por senadores dos EUA sobre lojas de apps


source
Apple e Google são questionadas nos EUA
Unsplash/Medhat Dawoud

Apple e Google são questionadas nos EUA

Executivos da Apple e Google foram questionados por senadores dos Estados Unidos nesta quarta-feira (21) a respeito da dominância de suas lojas de aplicativos . As empresas ainda foram questionadas sobre possíveis abusos de poder sobre competidores menores. As informações são da Reuters.

No painel, a senadora democrata Amy Klobuchar, conhecida por agir em questões antitruste , disse que as gigantes de tecnologia podem usar sua força para “excluir ou suprimir aplicativos que estejam competindo com seus próprios produtos” e “cobrar taxas excessivas que afetam a competição no setor de lojas de aplicativos”.

Durante o painel, Apple foi questionada a respeito de um dispositivo lançado nesta semana, os AirTags . As etiquetas servem para que objetos possam ser rastreados, e concorrem diretamente com os produtos da Tile , empresa que vende sensores de rastreamento há mais de dez anos. A dúvida que permeia a questão é se a competição seria justa diante da possibilidade de outras empresas também usarem o sistema operacional da Apple para rastreamento.

“A Apple mais uma vez explorou seu poder e dominância de mercado para condicionar o acesso dos nossos consumidores a dados e efetivamente romper a experiência dos nossos usuários, direcionando-os ao FindMy”, disse Kirsten Daru, conselheira geral da Tile, durante testemunho.

Já as empresas como Spotify e Match (dona do Tinder ) reclamaram que as regras das lojas de aplicativos tanto de Apple quanto de Google são anticompetitivas. O compartilhamento obrigatório de receita e as regras rígidas de inclusão de novos apps são alguns dos motivos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo