InternacionalNoticias

AUTÓPSIAS POR COVID-19 NA ITÁLIA APONTAM PARA CAUSA SANGUÍNEA E NÃO RESPIRATÓRIA

Se esta informação for verdadeira, está resolvido!

Et Urbs Magna – Uma notícia médica sobre a atuação do covid-19 em corpos infectados está abalando a comunidade de Saúde de Milão, Itália italiana, bem como já começa a agitar o mundo. Primeiras autópsias realizadas apontam que a causa das mortes não foram por problemas respiratórios como se pensava, mas sim por problemas sanguíneos. A segurança da informação pode ser atestada pelo fato de a Itália ser o único país do mundo a ter realizado autópsias confiáveis e significativas tendo superado até mesmo a China, país que se iniciou a pandemia.

A solução seriam os anticoagulantes e anti-inflamatórios?

O Hospital Policlínico de Milão começou a realizar autópsias em pacientes com coronavírus Covid-19, obtendo conclusões muito interessantes para entender como a doença evolui. Até o momento, um total de 50 autópsias foram realizadas, em quase todos os casos direcionados aos pulmões, sendo o maior estudo de caso do mundo, haja vista que resultados de tão somente três autópsias, minimamente invasivas, foram publicadas na China.

De acordo com os resultados, “macroscopicamente, os pulmões parecem manchados com áreas hiperêmicas / hemorrágicas alternadas com áreas rosadas. Histologicamente, algumas áreas são severamente enfisematosas, com vasos sanguíneos muito dilatados (até 20 vezes a norma) que geralmente substituem os microtrombos“, explicaram os especialistas do Hospital. Em muitos casos, “o dano alveolar difuso (DAD) é evidente, com descamação de pneumócitos, formação de membranas hialinas e exsudato fibrótico. Aparece como uma síndrome de alto fluxo, com hepatomegalia e vasos portais dilatados com trombose difusa em todos os níveis“, continuaram os médicos.

Mesmo “o coração parece aumentado,  sempre possui um hidropericárdio e uma acentuada hipertrofia ventricular esquerda (mas os pacientes hipertensos quase sempre estão em anamnese)“. Em um dos casos analisados, “foi observado um trombo que obstruiu quase completamente a veia cava superior e o átrio direito, em que foi percebido o aumento do diafragma, indicando que em um ponto os pulmões não se expandem, associados à hepatomegalia“.

E qual a possível causa de insuficiência respiratória causada pelo Covid-19?

Conforme indicado no estudo, o Covid-19 classicamente dá anosmia e ageusia: poderia atingir o tronco cerebral trans-sinapticamente a partir das terminações nervosas periféricas do nervo olfativo ou lingual. Nesse cenário, “a insuficiência respiratória pode ser causada por danos diretos do vírus aos núcleos do tronco cerebral“. Um dos autores ressalta que “no sangue de pacientes com infecção por Covid-19 há um número muito alto de células endoteliais (expressão do dano endotelial causado diretamente pelo vírus) e que essas células desencadeiam uma tempestade de citocinas que recruta principalmente macrófagos“. É também por esse motivo “que altas doses de cortisona podem ser administradas”.

Nesse sentido, “um medicamento anticomplemento (narsoplimab) foi usado em 6 pacientes que reduziram drasticamente o número de células endoteliais plasmáticas circulantes (mas os parâmetros finais não foram especificados)“, concluíram.

As informações foram compartilhadas pelo cardiologista Miguel Ángel García Fernández, do Hospital Policlínico de Milão.

 

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Sou uma investigadora nata. Fui Técnica em Estudos e Pesquisas Estatístias do IBGE por 16 anos. Pesquisar e buscar a verdade é uma tarefa de todos. e minha é uma paixão.
    É verdadeiro. As autópsias foram feitas, e foram enviadas para a sessão de doenças infectocontagiosas da Lancet. Está já avaliado e publicado na LANCET, maior e mais renomada revista científica atual, que comprova a hipótese das mortes por causa sanguinea. Confiram, publiquem, isso é muito sério, vamos salvar vidas divulgando a verdade. Vários sites de fake news estão escondendo isso, dizendo ser fake. Os fatos são reais, as análises são reais, e a Itália está desde então salvando pessoas com outros procedimentos.

    Achados pulmonares post mortem em uma série de casos COVID-19 do norte da Itália: um estudo descritivo em dois centros
    https://www.thelancet.com/journals/laninf/article/PIIS1473-3099(20)30434-5/fulltext#section-3d6acba1-acea-4be2-8dc9-b7e14e5b6583

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo