MS

CASOS DE COVID-19 SEM RASTREAMENTO CONFIRMAM TRANSMISSÃO COMUNITÁRIA EM MS

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) comunicou nesta segunda-feira (13) a transmissão comunitária do novo coronavírus (covid-19) em Mato Grosso do Sul. Isso porque dois casos da doença, catalogados no boletim epidemiológico de hoje, não puderam ser rastreados. Ou seja, não foi possível saber onde as pessoas foram infectadas.

Os casos de covid-19 foram registrados em uma mulher de 71 anos, que faleceu, e em um homem de 54 anos, que está internado. Ambos são de Campo Grande.

Até esta segunda-feira, o Estado registra 113 casos confirmados da doença, sendo que 4 evoluíram para óbito. Outros 63 são investigados.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, a estimativa é de que as notificações do novo coronavírus aumentem nesta semana em Mato Grosso do Sul. O pico de infecção deve ser registrado entre final de abril e meados de maio.

“Não aglomerem. Recomendamos que o MS se isole. Temos que ter cuidado para que não tenhamos um número grande da doença nos próximos dias. O que fizermos hoje terá impacto muito grande daqui 14 dias”, destacou ele em live nas redes sociais do Governo do Estado.

O vídeo completo com as informações pode ser conferido no endereço: www.facebook.com/GovernodeMatoGrossodoSul.

Live

Diante da pandemia do novo coronavírus e da frequente necessidade de utilizar a informação como ferramenta de saúde, o Governo do Estado adotou o formato de entrevistas coletivas online transmitidas pelas redes sociais para informar jornalistas e sociedade sobre a situação da doença no Estado, evitando assim a propagação de fake news.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo