MSNoticias

Com ação do Estado, Nioaque garante construção de novo hospital e obras de asfalto

Recentemente, iniciaram na cidade as obras de reforma e ampliação da Unidade Mista de Saúde Aroldo Lima Couta. O empreendimento é tocado com mais de R$ 700 mil

Parceria do Governo do Estado com a Prefeitura de Nioaque garantiu aplicação de recursos públicos em obras que vão da saúde à infraestrutura urbana e ampliam a qualidade de vida de 13,8 mil habitantes, segundo estimativa do IBGE.

Recentemente, iniciaram na cidade as obras de reforma e ampliação da Unidade Mista de Saúde Aroldo Lima Couta. O empreendimento é tocado com mais de R$ 700 mil, sendo R$ 666 mil do Estado e R$ 35 mil do Município. O projeto traz a construção de uma maternidade para possibilitar novos nascimentos em Nioaque, o que não acontece desde 2009. As obras devem ser finalizadas no primeiro trimestre de 2021.

Desde que assumiu a gestão do Governo em 2015, o governador Reinaldo Azambuja já destinou cerca de R$ 40 milhões para Nioaque. Os recursos englobam todas as áreas de investimentos, como saúde, educação e segurança pública, além de infraestrutura e habitação.

Atualmente, o Estado tem três contratos ativos de obras de pavimentação e drenagem na cidade. Um é referente às obras nas ruas Coronel Pedro Rufino e Alexandre Darujh (R$ 468 milhões). Outro faz melhorias nas ruas 1° de Março, Benjamin Constant, Princesa Izabel, Antônio João e Hélio Serejo (R$ 908 mil). O terceiro revitaliza as ruas Prefeito Souza Rangel e Guia Lopes (R$ 316 mil).

Pelo programa Governo Presente, que em 2019 fez um raio-x das demandas dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, Nioaque garantiu recursos para seis projetos. Além dos pacotes de R$ 908 mil e R$ 361 mil, já em execução, o Estado prepara mais quatro empreendimentos para a Cidade dos Dinossauros – como é conhecida Nioaque.

O Governo garantiu às autoridades municipais que vai executar, nos próximos meses, a pavimentação e drenagem na via de acesso ao frigorífico BXB, que deve custar R$ 4,5 milhões; asfaltar a Avenida Eustáquio Perez, ao custo de R$ 1,5 milhão; e fazer os projetos de duas pontes de concreto, uma sobre o Rio Midaque (R$ 79,2 milhão) e outra sobre o Córrego Taquaruçú (R$ 60 mil).

Obra de pavimentação e drenagem em Nioaque (Foto: Chico Ribeiro)

Bruno Chaves, Subcom

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo