AL MS

COM TRANSMISSÃO COMUNITÁRIA DA COVID-19, DEPUTADOS ALERTAM POPULAÇÃO

Deputados destacaram prevenção ao contágio e fiscalização das ações contra a pandemia

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) comunicou, na última segunda-feira (13), que Mato Grosso do Sul registrou estágio de transmissão comunitária do coronavírus (Covid-19), quando não é possível rastrear a origem da infecção pela doença. Diante do cenário, o presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), deputado Antônio Vaz (Republicanos), falou sobre a situação vivida no Estado.

Deputado Antônio Vaz, presidente da Comissão de Saúde da ALEMS

“Eu tenho acompanhado os dados sobre o coronavírus. Nosso Estado já tem quatro óbitos, então olha a importância de nós tomarmos as medidas necessárias para o combate”, disse. O deputado fez um apelo para que as pessoas continuem o isolamento social. “Fique em casa se você é idoso. Os jovens só saiam se for necessário. Sabemos que as pessoas têm que trabalhar, mas temos que tomar cuidado, porque muita gente está se contaminando”, frisou.

Além disso, o parlamentar reforçou a importância da higiene das mãos, o uso de máscara e a distância de segurança que pessoas devem manter uma das outras. “Precisamos nos atentar a isso para não nos contaminar. Juntos vamos vencer essa doença”. Vaz relembrou que os 24 deputados da Casa de Leis, em esforço conjunto, destinaram R$ 20 milhões ao Estado, fruto de emendas parlamentares, para as ações destinas à pandemia. “Nós temos nos esforçado e feito nosso papel”, afirmou.

Com a aprovação do decreto que instaurou estado de calamidade pública em MS, devido à pandemia do coronavírus – uma comissão, composta por deputados, foi formada a fim de fiscalizar a situação fiscal e a execução orçamentária e financeira das medidas sobre a emergência de saúde pública.

Deputado Lucas de Lima destacou fiscalização do Legislativo

O presidente do grupo, deputado Lucas de Lima (Solidariedade), destacou que a Casa de Leis tem fiscalizado as ações do Executivo Estadual no combate à doença, com o monitoramento dos estágios da pandemia no Estado e das atividades de enfrentamento. “A Comissão está acompanhando todos os atos do governo de perto. A nossa missão é fiscalizar. Tudo que o governo está fazendo nós estamos atentos. Até agora, nenhuma irregularidade. As ações de combate estão sendo criteriosas e atendendo à demanda do setor da Saúde e de toda a sociedade sul-mato-grossense”, pontuou Lima, que também é integrante da Comissão de Saúde da ALEMS.

*Com informações das assessorias parlamentares

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo