Só Pets

Coronavírus: pets estão de quarentena em Hong Kong

Não existe comprovação de que animais domésticos como cachorros e os gatos corram o risco de contaminação

Todos os pets de pessoas com coronavírus em Hong Kong estão de quarentena. A decisão foi anunciada pelas autoridades locais no dia 28 de fevereiro e deverá ser cumprida ao longo de duas semanas. A determinação aconteceu após a confirmação de que o cão de uma mulher doente também estava com o vírus.

Embora o animal não tenha apresentado nenhum sinal, “amostras coletadas na cavidade nasal e oral apresentaram resultados positivos, em níveis muito baixos”, afirmou um porta-voz do ministério da Agricultura, Pesca e Proteção Ambiental de Hong Kong.

No entanto, o Governo de Hong Kong não chegou a esclarecer as razões para justificar os testes clínicos da doença em um animal. Uma vez que a tutora desse bichinho teve a sua contaminação confirmada na véspera da efetuação do exame. Mas, o pet ainda vai passar por outros exames e deve permanecer isolado em um abrigo para animais.

Situação dos pets de pessoas com coronavírus

Mesmo com a medida, ainda não existe comprovação de que animais domésticos como cachorros e gatos corram o risco de contaminação pela enfermidade. E, tampouco que esses pets tenham qualquer possibilidade de transmitir o novo coronavírus aos seres humanos.

Leia a matéria completa no Portal do Dog.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo