MSNoticias

Investimento em asfalto acaba com transtorno com poeira e facilita vida de quem mora em Selvíria

A gestão municipalista do Governo de Mato Grosso do Sul levou asfalto a moradores de cidades como Selvíria, de 6.542 habitantes (IBGE 2020), a 410 quilômetros de Campo Grande.

Danilo Bernardes elogia obra de asfalto em avenida importante de Selvíria

Entregue em junho de 2019, a pavimentação da Avenida Goiás (entre as avenidas dos Industriais e Jamil Kauás) facilitou a vida do operador de abastecimento da empresa Eldorado, Danilo Bernardes, de 31 anos. “Aqui tinha muita terra, era ruim de passar com o carro, era muita poeira”, contou.

O coveiro Valter Pereira da Silva, 64 anos, explicou que muitos carros atolavam em frente ao cemitério municipal. Há 15 anos, ele mora ao lado do sepulcrário. “Aqui era tudo chão. Ficou muito bom. Tinha o problema da poeira e atolava carro. Quando chovia, era difícil de sair de casa”.

Coveiro Valter Pereira da Silva diz que asfalto pôs fim a poeira e problema de carros atolados

Já no distrito de Vestia, R$ 2,674 milhões foram investidos na pavimentação, drenagem e recapeamento. E mais R$ 1,22 milhão serão investidos na restauração de diversas ruas de Selvíria.

Casas e saneamento

O município recebe ainda R$ 14,617 milhões em obras de água e esgotamento sanitário, entre concluídas, em execução e a executar pela estatal Sanesul. Em execução estão mais de R$ 10 milhões para a primeira Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) e rede coletora de esgotamento sanitário da cidade. Serão construídos 17,3 km de rede coletora, levando mais saúde para 812 famílias, por meio das ligações domiciliares.

Atualmente, os moradores utilizam fossas sépticas sem nenhum tipo de tratamento, o que aumenta os riscos de poluição e condições inadequadas da saúde no ambiente local. De acordo com a OMS, a cada R$ 1 investido em saneamento básico são economizados R$ 4 em saúde.

Em Selvíria, o Governo também construiu 66 casas para a população: 32 do Programa Minha Casa Minha Vida e 34 do Programa Nacional de Habitação Rural. Todas elas foram entregues em 2015.

Paulo Fernandes, Subcom

Fotos: Edemir Rodrigues

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo