MSNoticias

Lei Seca: Detran-MS autua quase 60 motoristas embriagados durante feriado na Capital

Agentes de Fiscalização de Trânsito do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) em parceria com BPMTran (Batalhão de Polícia Militar de Trânsito), Agetran (Agência Municipal de Trânsito) e GCM (Guarda Civil Metropolitana) realizaram 1.051 testes de embriaguez em Campo Grande durante o período de feriado prolongado. Destes, 59 motoristas foram autuados.

As operações ocorreram no período entre 08 e 11 de outubro e segundo informações do chefe de Fiscalização de Trânsito do Departamento, Otílio Ruben Ajala Júnior, um condutor de 41 anos chegou a ser preso com o índice de 1,11 miligramas de álcool por litro de ar, quando a medida administrativa é de apenas 0,33.

Equipamento registra o índice de álcool verificado em condutor de moto

“Não existe aceitável para a Lei Seca, mas existe o limite entre o índice que indica infração de trânsito e o que configura crime de trânsito. Nesse caso, especificamente, o condutor, que estava pilotando uma moto de 300cc, foi flagrado muito acima do limite, o que nos preocupa dado o risco em que ele colocava a própria vida e a de terceiros”, afirmou Ajala.

Destes números apresentados pelo Detran-MS, foram computadas 46 recusas ao teste do etilômetro, 13 resultados positivos para alcoolemia e 03 prisões em flagrante.

“Cabe salientar que quando o condutor se recusa ao teste, será punido como se confirmasse a ingestão de bebida alcoólica misturada à direção e irá responder por isso”, salientou.

A recusa é considerada infração gravíssima na qual o motorista recebe as mesmas punições administrativas de um motorista embriagado e que aceitou fazer o teste. Nesse caso, é multado em R$ 2.934,70, tem a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) recolhida e tem o direito de dirigir suspenso por um ano.

Vivianne Nunes, Detran-MS

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo