Câmara Municipal

LIVE: IMPORTÂNCIA DO USO DE MÁSCARAS EM CONJUNTO COM AS MEDIDAS PREVENTIVAS AO CORONAVÍRUS

A conscientização da população sobre a importância do uso de máscaras na Capital para evitar a disseminação do Coronavirus foi o tema do debate da live desta quarta-feira (24), promovida pela Comissão Especial em apoio ao Combate à Covid-19 da Câmara Municipal de Campo Grande. A Comissão Especial de Apoio ao Combate da Covid-19 é composta pelos vereadores Dr. Lívio (presidente), Eduardo Romero, Pastor Jeremias Flores, Betinho e Delegado Wellington. 

Foi publicado no Diário Oficial de Campo Grande no dia 19 de junho o Decreto Municipal n. 14.354 que determinou a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção facial, em todos os espaços públicos e privados, fechados e abertos, inclusive veículos com mais de um passageiro. Confira aqui o decreto.

Para debater as normativas estabelecidas pelo decreto municipal de obrigatoriedade do uso de máscaras e a importância de usar a proteção individual como barreira mecânica de prevenção ao Coronavírus, foram convidados para participar da live, o Procurador-Geral do Município, Alexandre Ávalo e a coordenadora da Rede de Atenção Básica do Município, Glória de Araújo Pereira.

ASSISTA NA ÍNTEGRA A LIVE

Para o Procurador-Geral do município, Alexandre Ávalo, o objetivo maior do decreto é conscientizar a população do uso da máscara como barreira mecânica ao coronavírus. “Utilizando critérios científicos foi estabelecido regras para utilização das máscaras em locais públicos e privados, abertos e fechados, para proteção da população. E a premissa maior do decreto é conscientizar a importância da barreira de proteção, temos que nos preocupar com o outro, a transmissão desse vírus é altíssima. Os estabelecimentos devem coibir a entrada e permanência das pessoas que não tiverem usando máscara. Os estabelecimentos devem exigir utilização das máscaras como condição de acesso, a indicação é que as pessoas fiquem em casa, mas se precisar sair, use máscara”, detalhou.

De acordo com a coordenadora da Rede de Atenção Básica do Município, Glória de Araújo Pereira, com a publicação do decreto que normatiza o uso obrigatório de máscara, a atenção básica tem a função de caráter educativo e informativo. “Os profissionais que estão nas unidades de saúde têm papel primordial de levar informação aos usuários, de conscientizar o uso das máscaras para diminuir a circulação do vírus no município”, afirmou.

“Na dúvida sobre sintomas procure atendimento pelo Teleconsulta, se necessitar de atendimento médico procure uma unidade básica mais próxima, todos os profissionais estão preparados para atender. Importante continuar lavando as mãos, levar álcool em gel quando sair de casa, não ficar tocando na máscara e praticar o isolamento , sair de casa só se for necessário, a máscara é só mais uma medida que não me exime de realizar as outras medidas preventivas”, complementa a coordenadora da Rede de Atenção Básica.

A vereadora enfermeira Cida Amaral participou da live e explicou como deve proceder ao espirrar e tossir com a máscara, além dos cuidados necessários para o uso correto do item de segurança. “É errado tirar a máscara para espirrar ou tossir. Sem a proteção, as gotículas que saem da boca ou nariz podem chegar a distâncias maiores e, assim, contaminar mais pessoas. É recomendado trocar o acessório após cada tosse ou espirro. As máscaras de tecido são barreiras mecânicas. No entanto, elas não inativam o vírus, por isso é importante continuar realizando todas as ações de prevenção recomendadas, como lavar as mãos, manter distância de 1,5m e ficar em casa, se possível”, destacou.

Segundo o vereador Pr. Jeremias Flores, membro da Comissão Especial, o momento é de fé e conscientização. “Precisamos ter conscientização da importância do uso da máscara, é ruim usar máscara, mas por amor use a máscara, porque você pode estar salvando vidas”, defendeu.

Segundo o presidente da Comissão Especial e da Comissão de Saúde, vereador Dr. Lívio, a máscara contribui na diminuição da transmissão do Coronavírus. “Temos que levar em consideração que todos somos potenciais de transmissão da doença, a máscara é usada mundialmente como uma barreira para diminuição da transmissão do vírus, o fato de não estar emitindo saliva quando falo, já diminui muito a transmissão, é esse o objetivo de usar a máscara”, reforçou.

O vereador Eduardo Romero, que comanda a transmissão da live, parabenizou a iniciativa de quem vem fazendo um trabalho voluntário com confecção e distribuição de máscaras pela cidade “Quero aproveitar e parabenizar a iniciativa de vários cidadãos e de instituições que vem confeccionando máscaras caseiras para distribuir para população, um trabalho silencioso, mas de colaboração e amor ao próximo. O custo não pode ser a desculpa para pessoa não usar máscara, existem centenas de vídeos na internet ensinando como produzir uma máscara caseira em casa, com um pouco de criatividade você consegue se proteger e proteger outras pessoas usando máscara como proteção ao coronavírus”, defendeu.

Telefones úteis

Denúncias: é possível fazer denúncia de aglomeração ou descumprimento de decreto pelo telefone (67) 3314-9955;

Teleconsulta coronavírus: canal de atendimento pelo telefone, para sanar dúvidas sobre sintomas e receber orientações iniciais, com horário de atendimento das 06h às 00h, (67)2020-2170;

Drive-Thru: sistema de testagem rápida para pessoas com sintomas da doença, é agendada uma consulta pelo telefone no Batalhão Central do Corpo de Bombeiros, entre a rua 14 de julho com a 26 de março. A consulta é agendada via telefone e confirmada por um SMS, (67) 3311-6262.

Dayane Parron
Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar