MSNoticias

Maior revista de divulgação científica de MS retorna em tempos de combate ao negacionismo

Nesta edição, a equipe de reportagem traçou um panorama sobre a pandemia da Covid-19 em Mato Grosso do Sul e o esforço de cientistas do Estado na compreensão e no combate ao vírus

Produzida por jornalistas, publicitários e demais profissionais de comunicação do Projeto Mídia Ciência, a Revista Corumbella está de volta para divulgar e popularizar a produção científica de Mato Grosso do Sul, bem como valorizar e dar destaque aos pesquisadores do Estado.

O Mídia Ciência é um projeto da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia (Fundect) em parceria com a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) com o apoio da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) e Governo do Estado.

Nesta edição, a equipe de reportagem traçou um panorama sobre a pandemia da Covid-19 em Mato Grosso do Sul e o esforço de cientistas do Estado na compreensão e no combate ao vírus.

A reportagem de capa traz uma linha do tempo da Covid-19, de março a maio de 2021, além de informações sobre o avanço da pandemia e dados específicos da doença, como número de casos, letalidade por raça e doses de vacinas aplicadas.

Em relação à imunização, há uma reportagem especial sobre a contribuição de pesquisadores do Estado nos testes de vacina, com destaque para a Coronavac, além de uma entrevista exclusiva com o pesquisador Julio Croda sobre a importância da atuação de cientistas do Estado no processo de desvendar e auxiliar no combate ao vírus, com destaque para o desempenho e a proximidade das universidades junto à população.

De acordo com o diretor-presidente da Fundect, Márcio de Araújo Pereira, a volta da revista Corumbella é de suma importância neste momento pandêmico, onde a busca por informações de qualidade é vital para a sociedade.

“Nesta edição temos um panorama bem completo mostrando a atuação dos cientistas de nosso Estado no combate à Covid 19. É interessante ver nossos pesquisadores se destacando no Brasil e no mundo com suas pesquisas e seus esclarecimentos acerca desta doença que parou o globo. Que a Corumbella possa ser uma aliada dos cientistas, do bom jornalismo e de toda a sociedade que anseia por informações apuradas por profissionais capacitados que procuram especialistas para trazer para você leitor a melhor qualidade de informação”, afirma Márcio.

Para o Reitor da UEMS, Laércio Alves de Carvalho, falar sobre ciência e, mais do que isso, defender o discurso científico tornou-se necessário num período onde verificamos posicionamentos negacionistas frente às constatações de pesquisas e estudos sérios.

“Uma Universidade se constrói com ciência e não com achismos. Nesse sentido, venho parabenizar o trabalho da revista Corumbella que divulga a ciência desenvolvida pelos diversos profissionais em nosso Estado de Mato Grosso do Sul. Meu agradecimento especial também vai para FUNDECT, que financia esta importante publicação. A UEMS tem uma relação de irmandade e de muito trabalho com esta Fundação. Parabéns ao presidente, Márcio de Araújo Pereira. É muito importante publicizar que o MS produz ciência com qualidade e que os trabalhos destacados nesta Edição da Corumbella fizeram a diferença em várias áreas durante a pandemia que ainda estamos vivenciando”, destaca o reitor.

Confira a edição da revista Corumbella na íntegra aqui.

Diogo Rondon e Naiane Mesquita, Fundect 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo