Câmara Municipal

Odilon denuncia corte de energia na Tarifa Social que está proibido durante a pandemia

O vereador Odilon de Oliveira denunciou nesta semana que a Energisa ainda efetua o corte de fornecimento de energia elétrica em Campo Grande para consumidores da Tarifa Social, mesmo com a proibição de interrupção do serviço em razão da pandemia de Coronavírus.

“Recebi relatos de dezenas de pessoas reclamando que a empresa está efetuando o corte de energia elétrica, mesmo com uma Resolução em vigor proibindo a suspensão do serviço por falta de pagamento no período de pandemia em função de todos os problemas sociais e econômicos que a pandemia trouxe, principalmente para as famílias mais pobres que estão na classificação da Tarifa Social”, explicou o parlamentar na Câmara Municipal.

A suspensão do corte de fornecimento de energia elétrica para famílias de baixa renda foi aprovada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) por meio da Resolução Normativa nº 878/2020. Conforme o Decreto Legislativo nº 6/2020, o prazo de proibição de corte vai até o final de 2020.

Odilon de Oliveira afirma que vai enviar ofício para a empresa de energia solicitando a adoção de medidas que respeitem a Resolução e a situação das famílias mais pobres de Campo Grande. “É um absurdo a ação da Energisa em razão das dificuldades que essas pessoas estão passando para comprar alimentos e, obviamente, para pagar a conta de energia. Encaminhei ofício para a Energisa para solicitar providências em respeito à Resolução proibindo corte ainda em vigor”, declara o vereador.

Para auxiliar os consumidores, o vereador Odilon de Oliveira disponibilizou o gabinete para a população encaminhar as denúncias sobre o corte de energia e evitar abusos. “Essa ação tem o objetivo de procurarmos juntos uma solução e amenizar os danos que a Covid-19 tem causado a todas as famílias”, conclui Odilon de Oliveira.

Assessoria de Imprensa do Vereador 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo