Polícia

Polícia Militar Ambiental de Aquidauana autua durante a operação Prolepse dois assentados em R$ 10,2 mil por derrubar árvores e exploração da madeira ilegalmente

 

Campo Grande (MS) – Durante os trabalhos de orientação em prevenção aos incêndios na operação Prolepse, no assentamento Andalúcia, localizado no município de Nioaque, Policiais Militares Ambientais de Aquidauana autuaram ontem (17) à tarde, dois assentados por crime ambiental de exploração de madeira ilegalmente. Os infratores exploravam madeira, provenientes de derrubada ilegal de árvores de grande porte dos seus lotes, sem autorização do órgão ambiental.

Um infrator havia derrubada 28 árvores de diversas espécies, porém, no local onde as árvores foram derrubadas havia somente alguns tocos e restos de pranchas sem aproveitamento. O infrator (49), residente em Nioaque, não indicou o destino da madeira ilegal, mas os Policias calculam que tenha sido comercializada. Ele foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 8.400,00.

No lote vizinho, o proprietário (54), residente em Campo Grande, havia derrubado seis árvores e explorava a madeira que era transformada em vigas e tábuas. 4 m³ de madeira foram apreendidos. O infrator foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 1.800,00.

Madeira apreendida.

Ambos os infratores responderão por crime ambiental de exploração ilegal de madeira. A pena é de seis meses a um ano de detenção.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Publicado por: Ednilson Paulino Queiroz

Fonte: PM MS

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo