Publicidade
Publicidade
Campo Grande - MS - 07/04/2020 - 4:25 AM

Política

Sobre a vida política.

VICE-PROCURADOR-GERAL ELEITORAL DÁ PARECER FAVORÁVEL PELO CANCELAMENTO DO REGISTRO DO PT

O vice-procurador-geral eleitoral Renato Brill de Goés deu parecer pela admissibilidade de ação de cancelamento de registro de partido político do PT, diz o  Estadão.

A ação em curso investiga se O PT recebeu dinheiro de origem estrangeira, o que é crime e pode levar à cassação do partido. Ele alega que no curso da Lava Jato restou demonstrado que o PT recebeu recursos de origem estrangeira. Saiba mais…

AÇÃO DO DEPUTADO FEDERAL HEITOR FREIRE PARA A EXTINÇÃO DO PT AVANÇA NA JUSTIÇA ELEITORAL

    A demanda foi realizada pelo Dr. Luiz Cezar Barbosa Lopes, associado do escritório TFG Advogados

    Parlamentar justifica uso de recursos estrangeiros para o caixa da legenda

    A procuradoria eleitoral concedeu parecer favorável para o avanço e julgamento da ação proposta pelo deputado federal Heitor Freire (PSL-CE) para a cassação de registro do Partido dos Trabalhadores (PT). Saiba mais…

    GLEISI CLASSIFICA COMO ‘ULTRAJANTE’ O PARECER FAVORÁVEL AO CANCELAMENTO DO REGISTRO DO PT

      Em nota oficial divulgada neste sábado (04), a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, chamou de “ultrajante e fantasioso” o parecer dado pelo vice-procurador-geral eleitoral Renato Brill de Goés em favor do pedido para cancelamento do registro do Partido dos Trabalhadores junto à Justiça Eleitoral. Saiba mais…

      FUX SUSPENDE DÍVIDA DE MUNICÍPIO DO RIO COM BNDES

        Ministro determinou que recurso seja aplicado no combate à covid-19

        Em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19), o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, suspendeu, na noite de ontem (2), o pagamento de financiamentos do município do Rio de Janeiro junto ao Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Saiba mais…

        BOLSONARO SANCIONA LEI DA RENDA BÁSICA EMERGENCIAL

          Nova lei prevê pagamento de R$ 600 a trabalhadores informais

          O presidente Jair Bolsonaro sancionou, na tarde da quarta-feira(1º), o projeto de lei  que cria uma renda básica emergencial de R$ 600 aos trabalhadores informais, autônomos e sem renda fixa, durante a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus. Saiba mais…

          SENADO PREPARA PROJETO PARA INCLUIR MAIS CATEGORIAS NO “CORONAVOUCHER”

            Motorista de aplicativo e pescador sazonal entram na nova proposta

            O Senado vota nesta segunda-feira (30) à tarde o pagamento de um auxílio emergencial de três meses, no valor de R$ 600, destinado a trabalhadores autônomos, informais e sem renda fixa. Além desse projeto, que já vem sendo chamado de “coronavoucher”, existe outro ganhando forma no Senado. Saiba mais…

            RODRIGO MAIA CONSIDERA IMPORTANTES, MAS TÍMIDAS, MEDIDAS ECONÔMICAS

              Presidente da Câmara quer soluções para outros setores da sociedade

              O presidente da Câmara do Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta sexta-feira (27) que é importante a decisão do governo federal de oferecer uma linha de crédito emergencial de R$ 20 bilhões para pequenas e médias empresas, como forma de apoiá-las durante a situação de calamidade pública em virtude da pandemia causada pelo novo coronavírus (covid-19). Maia, entretanto, disse que a iniciativa foi “tímida” e pediu que o governo também apresente soluções para outros setores da sociedade. Saiba mais…

              CÂMARA APROVA DISPENSA DE ATESTADO MÉDICO A TRABALHADOR COM COVID-19

                Medida é válida enquanto durar emergência pública em saúde

                O trabalhador infectado pelo novo coronavírus ou que teve contato com doentes terá dispensa da apresentação de atestado médico para justificar falta, enquanto durar a emergência pública em saúde relacionada à pandemia de covid-19. A medida foi aprovada nesta sexta-feira (26) pela Câmara dos Deputados e, para entrar em vigor, ainda precisa ser analisada pelo Senado e sancionada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro. Saiba mais…

                MAIA PROPÕE AUXÍLIO DE R$ 500 A TRABALHADOR INFORMAL DURANTE PANDEMIA 

                  Plenário aprecia a proposta de auxílio durante crise do coronavírus

                  O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta quinta-feira (26) que o valor do auxílio mensal a ser pago aos trabalhadores autônomos, informais e sem renda fixa durante a crise provocada pela pandemia de coronavírus pode ser de R$ 500. O valor é maior do que o pagamento de R$ 200 mensais previstos pelo governo federal. O plenário da Casa está reunido neste momento para apreciar a proposta. Saiba mais…

                  GOVERNO ZERA IMPOSTO DE IMPORTAÇÃO DE MEDICAMENTOS CONTRA A COVID-19

                    Lista dos produtos isentos foi publicada no Diário Oficial da União

                    O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta quinta-feira (26) que o governo zerou o imposto de importação sobre medicamentos como cloroquina e azitromicina. Em publicação no Twitter, Bolsonaro explicou que a medida visa facilitar o combate ao novo coronavírus e que os medicamentos são para uso exclusivo em hospitais e para pacientes em estado crítico. Saiba mais…