ArtigoNoticias

Pantaneiros monitoram comitivas de  coureiros virtuais!

Pobre jacaré, só atende inconsciente seus instintos, criminosos mataram milhões para fazerem dinheiro do "colete" de seu couro

Lágrimas de crocodilo é a imagem perfeita da hipocrisia, o jacarezão chora não  porque está emocionado com o destino da presa, mas porque é uma consequência  inconsciente do próprio  ato de abrir a boca para deglutir a vítima.

Pantaneiros sabem que o jacaré depois de, sorrateiramente, abocanhar sua vítima, gira como pião para matá-la, fica submerso e oculto nas profundezas,   mas depois só pode engolir em terra firme.

Nesse momento, como seus primos, chora copiosamente…ao engolir no seco!

Pobre jacaré, só atende inconsciente seus instintos, criminosos mataram milhões para fazerem dinheiro do “colete” de seu couro, agora indivíduos  de colete profissional, conscientemente contratados, vieram com sua arte transformar corpos queimados de jacarés e outros bichos, em doações multimilionárias!

Pantaneiro só monitora de longe e  sondando pérfidas  intenções,  sentencia: “- É  só uma modernização  das antigas comitivas de Coureiros…”

Da linguagem coloquial informando: “-olha, os laboratórios  não assumem os efeitos colateriais de sua vacina, e como consequência, se o paciente virar, por exemplo, um jacaré, eles não serão os  culpados”.

Imediatamente, o viés ideológico  ataca com sua completa ausência  de empatia, aproveitando a oportunidade de  usar o costumeiro humor escatológico  para enganar os ingênuos, lacrar nas redes e fazer gracinha com os milhares de mortos e lesionados  na cruel pandemia chinesa.

A  associação  desse jacaré metafórico com a foto de um jacaré morto e usado para arrecadar doações para uma fantasia hiperbólica  de um Pantanal destruido,  transformou um crime hipoteticamente culposo e inconsciente,  num crime doloso e premeditado….

Jacarés e outros bichos, um Pantanal calcinado, um público ignorante e que troca raciocínio  lógico,  história  e verdade, por um sentimento de expiação das próprias  culpas,  sente-se virtuoso  ao lhe ser facultado compartilhar, por módica quantia,  de um amoral linchamento  virtual!

Como o ICV e SOS Pantanal acham que a demonstração de seu poderio, agora turbinado por fartura de dinheiro para propaganda e auto louvação, intimidaria e amedrontaria os pantaneiros em continuar reafirmando, por factual e cientifica, a insofismável  verdade?

Respondo na lata: – No Pantanal, a política de acumular combustível vegetal nas áreas de “reservas”, proibir limpeza da proliferação de invasoras em áreas  particulares, coibir limpeza nas estradas   parques e  expulsar o boi bombeiro e os que os  criam,   foram a principal CAUSA da transformação de queimadas naturais da seca,  em catastróficos  incêndios.

Na calmaria das chuvas, esperavamos diálogo, análise  e perícia desapaixonada  dos erros e acertos cometidos, autocrítica que pudesse criar projetos comuns somando ambientalistas e pantaneiros.

Infelizmente nos deparamos com mais uma manifestação de preconceito e ódio visceral pela cultura centenária,  que tem na conservação do Pantanal, não uma fantasia ideológica irrealizável,  mas uma realidade formidável que domina os sentidos.

Sua obtusidade  idiota trará novos acúmulos de combustível e novas e previsíveis  catástrofes.

Certamente sua ganância estará Ecoando no Centro de sua Vida de agitadores medíocres  e longe de vir ajudar um fake SOS, como vírus patogênicos e exógenos que fazem questão  de ser,  continuarão a parasitar e tentar impor ao Pantanal a contaminação com sua peste!

A  inveja incontrolável parece  até preferir conviver com  um Pantanal destruído, mas não suportaria  nem por um instante, o Pantanal continuar a ser  admirado como patrimônio  inalienável  dos Pantaneiros e do Brasil.

Ilustração: Luiza Lacerda

Por: Armando Arruda Lacerda

Pantaneiro

08/01/2021

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo