Publicidade
Publicidade
Campo Grande - MS - 21/08/2019 - 6:09 PM

Política

Sobre a vida política.

STF APROVA ORÇAMENTO DE 2020 SEM AUMENTO DE SALÁRIO DOS MINISTROS

O Supremo Tribunal Federal (STF) aprovou, nesta quarta-feira (14), em sessão administrativa, o orçamento da Corte para o ano de 2020, de R$ 686,7 milhões, e sem a previsão de reajuste nos salários dos ministros. Saiba mais…

PALOCCI DELATA LINDBERG FARIAS E DOIS EX-GOVERNADORES DO PT

O ex-ministro petista Antonio Palocci revelou que fez repasses milionários (via caixa dois) para o ex-governador Fernando Pimentel (PT-MG), para Tião Viana (ex-governador do PT-Acre) e para o ex-senador Lindberg Farias (PT-RJ). Saiba mais…

MORO TERIA ORIENTADO DELTAN NÃO PEDIR APREENSÃO DE CELULAR DE CUNHA

Novas mensagens foram divulgadas pelo site The Intercept Brasil Saiba mais…

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA APONTA REDUÇÃO DO NÚMERO DE HOMICÍDIOS

Dados abrangem os 26 estados e o Distrito Federal

Nos primeiros quatro meses de 2019, o Brasil registrou 3.528 homicídios dolosos a menos que no mesmo período do ano passado. Segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública, nos primeiros quatro meses deste ano, 13.142 pessoas foram mortas por alguém que agiu intencionalmente ou assumiu o risco consciente de matar. É um resultado 21,2% inferior aos 16.670 casos registrados entre janeiro e abril do ano passado. Saiba mais…

BONSAGLIA SE REÚNE COM BOLSONARO ÀS VÉSPERAS DE INDICAÇÃO DO NOVO PGR

Um dos cotados a assumir o comando da Procuradoria-Geral da República, Mário Bonsaglia, foi ao Palácio do Planalto na tarde desta terça-feira (13) para conhecer pessoalmente o presidente Jair Bolsonaro, responsável por escolher o próximo procurador-geral da República. Bonsaglia avaliou positivamente o encontro. Ele e o presidente conversaram sobre vários temas e expuseram seus pontos de vista. Saiba mais…

GOVERNO QUER APROVAR PL SOBRE PREVIDÊNCIA DE MILITARES SEM ALTERAÇÕES

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, disse nesta segunda-feira (12) que espera que o Projeto de Lei (PL) 1645/2019, que trata da nova Previdência dos militares, seja aprovado sem alterações. “Espero que passe da melhor maneira possível, da maneira que está”, acrescentou. Saiba mais…

LIMINAR ANULA EXONERAÇÃO DE PERITOS DE ÓRGÃO DE COMBATE À TORTURA

AGU deve apresentar recurso assim que for notificada

Uma liminar concedida pela 6ª Vara Cível da Justiça Federal do Rio de Janeiro anulou parcialmente um decreto assinado em junho pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, que exonerou 11 peritos do Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura (MNPCT). Com a decisão, eles deverão ser reintegrados às suas funções. A decisão é provisória. Procurada pela Agência Brasil, a Advocacia Geral da União (AGU) informou que “ainda não foi intimada da decisão e deverá apresentar o recurso cabível tão logo seja notificada”. Saiba mais…

FACHIN: COMBATE À CORRUPÇÃO DEVE RESPEITAR LIMITES CONSTITUCIONAIS

Ministro discursou na Escola Paulista da Magistratura

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin disse nesta segunda-feira (12) que o combate à corrupção deve acontecer dentro dos limites da Constituição. O ministro fez alusão ao um discurso do deputado constituinte Ulysses Guimarães à época da promulgação da Carta Magna. Saiba mais…

 VISITA DE BOLSONARO AO RS, PRESIDENTE TEM SÉRIE DE COMPROMISSOS NO ESTADO

O presidente Jair Bolsonaro desembarcou no Rio Grande do Sul, por volta das 9h desta segunda-feira (12), para inaugurar trechos da duplicação da BR-116, no sul do Estado, entre outros compromissos. A cerimônia na rodovia está prevista para as 10h, em Pelotas. Saiba mais…

DE CADA 100 INADIMPLENTES, 37 DEVEM ATÉ R$ 500, DIZ CNDL

Valor é o mesmo que será liberado pelo FGTS das contas ativas

Levantamento da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostra que a cada dez consumidores que começaram o mês de agosto com o CPF inscrito na lista de inadimplentes 37% devem até R$ 500. O levantamento constatou ainda que 53% dos brasileiros com contas atrasadas têm dívidas que não superam R$ 1 mil. Outros 20% devem algum valor entre R$ 1.000 e R$ 2.500 e 16% devem entre R$ 2.500 e R$ 7.500. A pesquisa mostrou ainda que cada consumidor inadimplente tem em geral duas dívidas em aberto. Saiba mais…